Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará em 2019

1.723 em 21/9/2019  

Preso principal suspeito de assassinar sargento da PM durante assalto

PM morto 200 Bradock 5

Sargento Alveni, 49, foi morto a tiros                    Jefferson Oliveira, o "Bradock", foi capturado

Dois suspeitos de envolvimento na morte do sargento da PM Alveni da Silva, 49 anos, foram presos neste domingo (14), em diligências realizadas por policiais civis e militares. O sargento foi morto a tiros durante um assalto no bairro Siqueira,a zona sul da Capital. Outros envolvidos já foram identificados e estão sendo procurados pelos inspetores do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e pela Inteligência da PM.

"Zé de Valério" usava nome falso e negou ter estuprado a estudante que matou em Pedra Branca

Valério 900 Valério 600 Valério 800

"Zé de Valério" foi trazido para Fortaleza após a prisão, nesta sexta, em Buriti dos Montes (PI)

Valdemir Pereira da Costa. Este é o verdadeiro nome do vaqueiro assassino que driblou as polícias do Ceará e do Piauí por 78 dias até ser capturado por um simples agricultor no Distrito de Jatobá Medonho, zona rural do Município de Buriti dos Montes, no Sertão piauiense, divisa com o estado do Ceará.

Secretário tenta diminuir impacto do fracasso nas buscas a "Zé de Valério" e dá versão inverídica sobre a prisão

Mentira 1 Mentira 2

"Zé de Valério" driblou a Polícia durante 78 dias e causou irritação ao secretário André Costa

Elias

AgricultorJoão Elias, o homem responsável pela captura do vaqueiro "Zé de Valério"

Na tentativa de aplacar o insucesso das operações realizadas pela Polícia cearense na caça aos criminoso “Zé de Valério”, o atual secretário da Segurança Pública e Defesa Social, delegado federal André Costa, mentiu para a Imprensa local afirmando que a prisão do foragido foi feita pela Polícia, quando, na verdade dos fatos, a captura do vaqueiro foi feita por um único homem, um agricultor do Distrito de Jatobá Medonho, um lugarejo da zona rural do Município de Buriti dos Montes, no Sertão do Piauí.

Polícia não descarta risco de "Zé de Valério" ser morto na cadeia e o mantém em cela isolada

Zé de Valério 300

Foram 78 dias fugindo da Polícia. "Zé de Valério" caminhou 300 quilômetros, do Ceará ao Piauí

Trazido nesta sexta-feira (12) do Piauí para Fortaleza em um helicóptero da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer), por determinação expressa do secretário da Segurança Pública, delegado federal André Costa, o vaqueiro José Pereira da Costa, o “Zé de Valério”, já está recolhido em uma cela da Delegacia de Capturas e Polinter (Decap), na Capital, e começará a ser ouvido pelas autoridades na próxima segunda-feira (15).

Termina a caçada: após 78 dias de fuga, vaqueiro "Zé de Valério" é capturado nos sertões do Piauí

vALÉRIO 300

Barbado e maltrapilho, "Zé de Valério foi descoberto no Distrito de Jatobá Medonho, no Município de Buriti dos Montes, no sertão do Piauí, e já está sendo trazido de volta para o Ceará 

VEJA OS MOMENTOS DA PRISÃO DO VAQUEIRO:

vALÉRIO 15

POR FERNANDO RIBEIRO

Após 78 dias de caçada humana nos Sertões do Ceará e do Piauí, em um verdadeiro desafio para as autoridades policiais e da Segurança Pública dos dois estados nordestinos, chegou ao fim na manhã desta sexta-feira (12) a fuga do vaqueiro José Pereira da Costa, o “Zé de Valério”. Ele foi capturado no Distrito de Jatobá Medonho, um lugarejo localizado na zona rural do Município de Buriti dos Montes, no Piauí.

Guarda Municipal de Fortaleza completa 60 anos de fundação com transformação e atuante prevenção à violência na Capital

Ato GMF 1

Ato ecumênico aconteceu na sede da Guarda e reuniu dezenas de servidores da Corporação

Um ato ecumênico marcou, nesta quinta-feira (11), o encerramento das comemorações dos 60 anos de fundação da Guarda Municipal de Fortaleza (GMF). A solenidade contou com a presença do vice-prefeito de Fortaleza, Moroni Torgan, que comanda o Programa Municipal de Proteção Urbana (PMPU). O ato aconteceu na sede da Corporação, em Messejana.

Presidiários usando tornozeleiras eletrônicas são mortos no intervalo de cinco horas em dois bairros de Fortaleza

Bom Jardim Valverde Jardim Fliminense

Os assassinatos aconteceram, ontem, nos bairros Bom Jardim e Jardim Jardim Fluminense

Dois presidiários que estavam em liberdade provisória usando tornozeleiras eletrônicas, estão entre as três pessoas assassinadas nas últimas 24 horas em Fortaleza. A Polícia suspeita que em ambos os casos, as vítimas tenham sido mortas em “acertos de contas”, isto é, vingança. Os crimes ocorreram no intervalo de apenas cinco horas.

Polícia Civil faz a maior apreensão de armas de fogo do ano

Arsenal 1

Fuzis, pistolas, revólveres, espingardas, rifles, carabinas, lunetas e munições foram apreendidos

Colecionador de armas ou fornecedor de arsenal para criminosos? Diante de tal dúvida, a Polícia decidiu entrar em uma residência no bairro Engenheiro Luciano Cavalcante, em Fortaleza, nesta quinta-feira (11) e apreender dezenas de armas que estavam em poder do suspeito. Entre elas, estavam quatro fuzis e uma grande quantidade de lunetas e munições. A ação foi respaldada pela Justiça, que expediu um mandado de busca e apreensão.

Controladoria investiga 11 policiais do Raio por mortes durante operações com tiroteios

CGD

A investigação está sendo realizada pela ControladoriaGeral de Disciplina (CGD), em Fortaleza 

Onze policiais militares destacados no Comando de Policiamento Raio no interior do estado e na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF) estão sendo investigados pela Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos da Segurança Pública e do Sistema Penitenciário (CGD), e correm o risco de serem expulsos da PM. A conduta deles é questionada em dois Conselhos de Disciplina que apuram confrontos que terminaram em mortes, fatos ocorridos no ano passado, em Quixeramobim e Caucaia.

Polícia registra dois casos de estupro de criança e adolescente em menos de 24 horas

Algemado 3

Em Russas, um homem foi detido em um posto na BR-116 após estuprar uma adolescente

Uma criança de 4 anos de idade e uma adolescente, de 12 anos, foram vítimas de crime de estupro a vulnerável nas últimas 24 horas no Ceará, aumentando as graves estatísticas deste tipo de delito no Ceará. Os casos aconteceram nas cidades de Maracanaú (na Região Metropolitana de Fortaleza/RMF) e Russas (no Vale do Jaguaribe).

Ceará fica de fora dos estados que receberão mais dinheiro do governo federal para a Segurança Pública

Mortes Violentas 3

Chacinas ocorridas entre 2017 e 2018 prejudicaram o Ceará no recebimento das verbas do FNSP

O Ceará ficou de fora da lista dos estados brasileiros que, neste ano, receberão os maiores aportes financeiros do Governo Federal para investimentos na área da Segurança Pública. Isso porque o estado não está entre aqueles que reduziram com maior intensidade os Índices da Criminalidade Violenta, de acordo com os novos critérios estabelecidos pelo Fundo Nacional de Segurança Pública (FNSP).

Bandidos invadem casa em Caucaia, torturam e matam a tiros uma mulher carioca

cAUCAIA HOJE

Uma patrulha do 12º BPM foi ao local do crime em busca de pistas dos assassinos

Uma mulher de 33 anos de idade, carioca, foi morta, a tiros, na noite desta terça-feira (9), no Município de Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). A Perícia Forense constatou que ela também foi vítima de torturas antes de ser baleada. Com o crime, subiu para 106 o número de mulheres assassinadas no Ceará neste ano. Em junho último foram registrados 16 casos do gênero no estado. E neste mês de julho já foram registrados três crimes.

Operário morre esmagado por caçamba nas obras de ampliação do Aeroporto Internacional Pinto Martins

Morte no Pinto Martins 2

O operário estava trabalhando na ampliação da pista de taxiamento, quando foi atropelado

A Polícia Civil, através do 25º DP (Vila União) vai instaurar inquérito policial nesta quarta-feira (10), para apurar as responsabilidades e circunstâncias do acidente que matou um operário na noite de ontem (9), nas obras de ampliação da pista de taxiamento do Aeroporto Internacional de Fortaleza. O operário teve a cabeça esmagada ao ser atropelado por uma caçamba.

Sanfoneiro cearense baleado pela PM baiana recebe alta após cirurgia e volta para Fortaleza

Possidônio 80

Possidônio Júnior no momento do embarque no avião que o trouxe de volta para Fortaleza

O sanfoneiro cearense Possidônio Júnior, da banda de forró “Sala de Reboco”, recebeu alta médica e, na manhã desta terça-feira (9), foi transferido de avião do interior da Bahia para Fortaleza. Na madrugada da última sexta-feira (4) ele foi baleado numa operação desastrosa de policiais militares no Município de Irecê (BA). Uma dançarina do grupo musical também foi baleada e acabou morrendo.

Segunda-feira de terror na Grande Fortaleza, com ataques de facções na Capital e e Caucaia

Parque São José 1

Bandidos da Favela Vertical, no Parque São José, obrigaram os moradores e bloquer a Avenida Cônego de Castro com barricadas. Quatro ônibus foram depredados e houve troca de tiros dos criminosos com a PM

Parque São José 2

A PM ocupou as ruas do bairro durante o resto da noite e madrugada desta terça-feira para evitar novos confrontos com criminosos da área. Ciopaer deu apoio com aeronaves

Quatro ônibus danificados, pânico entre passageiros, tentativa de incêndio aos coletivos e muitos tiros disparados. Este foi o resultando de um confronto ocorrido no começo da noite desta segunda-feira na periferia de Fortaleza. Já em Caucaia, na Região Metropolitana da Capital, uma intensa troca de tiros da PM com membros de uma facção terminou em morte, prisões e na apreensão de várias armas, entre elas, uma metralhadora do Exército Brasileiro.

Policiais baianos são ouvidos sobre incidente em Irecê que matou dançarina de banda de forró cearense

Dançarina 1

O corpo da dançarina chegou na residência dela, em Fortaleza, na noite de sábado (6)

Dez policiais militares, de três unidades da PM da Bahia, já foram ouvidos em depoimento sobre o episódio ocorrido na madrugada d a última sexta-feira (5) na cidade de Irecê, no Interior daquele estado. Um inquérito instaurado pela Polícia Civil apura as circunstâncias em que os PMs abriram fogo contra a caminhonete onde estavam integrantes da banda de Forró “Sala de Reboco”, de Fortaleza. Uma dançarina do grupo acabou morta.