Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará 2018

2.779

Atualizado em 20/7/2018  

Guerra de facções: bandido preso logo após participar do assassinato de duas mulheres na Vila Velha

Letícia 400

Guilherme do Nascimento Vieira, membro da facção GDE, foi preso pela Força Tática do 20º BPM

Letícia 20 Letícia 10

As duas mulheres foram retiradas de um carro e executadas na rua com tiros de pistola na cabeça

Letícia Sousa 1

Letícia de Sousa, uma das mulheres assassinadas, seria simpatizante do CV e foi morta pela GDE

A Polícia Militar prendeu, no começo da madrugada desta quarta-feira, um homem suspeito de participação no assassinato de duas jovens na noite de terça-feira (3). O duplo homicídio ocorreu no bairro Vila Velha 2, na zona Oeste de Fortaleza. As mulheres foram retiradas à força de um veículo de aluguel via aplicativo e executadas sumariamente com tiros na cabeça. A morte pode estar ligada à “guerra” entre facções criminosas.

Mês de julho começa violento no Ceará com 32 assassinatos em apenas dois dias

Quixadá morte 1

Em Quixadá, um corretor foi executado por pistoleiros no bairro Campo Velho, nesta segunda

Após o registro de 400 homicídios em junho último, o mês de julho de 2018 começou de forma violenta no Ceará. Em apenas dois dias, 32 pessoas foram mortas no estado. No domingo (1º), 11 pessoas foram assassinadas. Na segunda-feira (2) ocorreram mais 20 execuções sumárias. E na madrugada desta terça-feira (3), mais um crime de morte ocorreu na cidade de Sobral, na Zona Norte.

Ameaças de sequestros e mortes na guerra de facções se concretizam com vários assassinatos na zona Oeste de Fortaleza

Garota assassinada 2

Francisca Renata, 23 anos, uma das vítimas, foi assassinada no Parque Rio Branco

A guerra entre facções criminosas na zona periférica de Fortaleza voltou a fazer vítimas de seqüestros, sessões de torturas e assassinatos com ocultação dos corpos. Nas últimas 24 horas, redes sociais e nos aplicativos de celular, criminosos falam de uma sequência de mortes violentas praticadas por conta da rivalidade entre dois grupos criminosos. As ameaças acabaram se concretizando nas ruas da Capital.

Balanço parcial de junho aponta 400 assassinatos registrados no Ceará

Chacina Quixeramobim 333

Uma chacina deixou quatro pessoas mortas em Quixeramobim, na última quinta-feira

Quatrocentas pessoas foram assassinadas no Ceara no mês de junho. Os números fazem parte de um balanço parcial realizado pelo blogdofernandoribeiro.com.br extraído a partir dos registros de Crimes Violentos, Letais e Intencionais (CVLIs) publicados diariamente pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) em seu portal.   Somente em Fortaleza, 125 pessoas foram mortas em 30 dias.

Violência em Sobral deixa dezenas de mortos e vira reportagem na mídia nacional

Sobral

Neste ano, 43 pessoas foram assassinadas em Sobral, 50 por cento a mais que em igual período de 2017

A cidade de Sobral, na região Norte do Ceará (a 224Km de Fortaleza), tornou-se motivo de reportagem especial do jornal Folha de São Paulo neste fim de semana. A alta taxa de violência no Município motivou a matéria. Em apenas seis meses de 2018, nada menos, que 43 pessoas foram assassinadas no Município. 

Fim de semana violento deixou 32 pessoas assassinadas no Ceará

Crime no fim de semana

No bairro Jardim Iracema, um homem foi executado a tiros na tarde de domingo

Trinta e duas pessoas foram assassinadas no Ceará durante o fim de semana. A maioria dos crimes aconteceu em Fortaleza, onde 14 pessoas foram mortas entre sexta-feira (29) e o domingo (1º). Já na Região Metropolitana da Capital, foram seis homicídios. No Interior, 12 homicídios ocorreram no período, sendo oito em Municípios do Interior Norte e quatro no Interior Sul.

Coronel PM é punido por criticar a formação de policiais militares cearenses, o que tem causado abordagens desastrosas e morte de cidadãos inocentes

Wilson Melo Cel

Tenente-coronel Wilson Melo, um dos mais bem preparados oficiais da PM, autor de livros, monografias e artigos sobre a formação policial militar. Foi punido com exclusão dos quadros da Academia Estadual de Segurança Pùblica (Aesp)

Por ter publicado nas redes sociais um artigo em que chamou a atenção sobre a formação profissional dos policiais militares cearenses, e, especialmente, a questão do uso de armas, após mais uma abordagem desastrosa que causou a morte de uma cidadã, em Fortaleza, um oficial da PM foi punido. Acabou eliminado do quadro de instrutores da Academia Estadual da Segurança Pública (Aesp).

Exército de milhares de dependentes químicos busca auxílio para sair das drogas

 Intermitente piscandoIntermitente piscando Intermitente piscando

SIRENE ABERTA   

Fernando Ribeiro

 CRack 3

O consumo de crack causa dívidas aos dependentes e a cobraça, muitas vezes, termina em morte

A demanda é grande. São dezenas de milhares de jovens - e até crianças – mergulhados no mundo das drogas em Fortaleza. Prova disso são os números apresentados pelo Centro de Referência Sobre Drogas de Fortaleza, instituição criada pelo governo do estado e que está subordinada à Secretaria Especial de Políticas Sobre Drogas. Somente neste ano, nada menos, que 1.878 pessoas pediram ajuda ao órgão em busca de orientação e tratamento.

EXCLUSIVO: Ceará registra 150 mortos em 25 chacinas ocorridas entre 2015 e 2018

Benfica 300

Cena do crime: policial militar observa corpo de jovem morto a tiros na Praça da Gentilândia, na chacina do Benfica, crime que deixou sete pessoas mortas na noite de 9 de março último

Chacina em Itapajé 2

Em janeiro último, uma briga entre detentos da Cadeia Pública de Itapajé terminou numa chacina com 10 mortos, a maiora ferida a golpes de cossoco, faca e barra de ferro

Forró do gago 30

Catorze pessoas - oito mulheres e seis homens - foram mortos numa das maiores chacinas já ocorridas no Ceará. A matança aconteceu na casa de shows "Forró do Gago"

Chacina em Maranguape 55

Na madrugada de 8 de janeiro último, uma chacina aconteceu na localidade de Serra Pelada, em Maranguape. Quatro jovens foram executados nesta casa

No intervalo de três anos e meio – entre janeiro de 2015 e junho de 2018 – nada menos, que 150 pessoas foram mortas em 25 casos de chacinas no Ceará. A mais recente matança coletiva ocorreu na noite de ontem (28), quando quatro pessoas acabaram executadas sumariamente, a tiros, na periferia da cidade de Quixeramobim, no Sertão Central (a 201Km de Fortaleza).

Chacina em Quixeramobim teve como motivação a "guerra" de facções que devasta o Ceará

Quixeramobim 1 Quixeramobim 2

Duas das quatro pessoas mortas na chacina em Quixeramobim:  Francisco Neto e Damila

Equipes da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), da Perícia Forense do Ceará (Pefoce) e do Comando Tático Rural (Cotar), do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque), além de um helicóptero da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer), já estão na cidade de Quixeramobim, no Sertão Central (a 201Km de Fortaleza). O reforço chegou àquela cidade ainda na madrugada de hoje (29) após uma chacina que deixou quatro pessoas mortas e outra ferida.

Polícia registra duas tragédias em família no interior do Ceará: pai mata o filho e filho mata o pai.

Ererê

Cabeleireiro José Nilo foi assassinado a golpes de faca pelo pai. O crime ocorreu em Ererê

Duas tragédias familiares foram registradas nas últimas 24 horas no Interior do Ceará. Em um dos casos, o pai matou o filho a golpes de faca durante uma discussão por causa de bebedeira. No outro, a Polícia procura um homem que assassinou o pai a tiros e fugiu. Os assassinatos ocorreram na noite desta quarta-feira, num intervalo de três horas.

Assaltos em ônibus deixam cinco pessoas feridas em 24 horas na Capital

Assalto a ônibus 1

Bandidos armados atacam coletivos e acabam deixando passageiros na linha de tiro

Em apenas 24 horas, cinco pessoas foram baleadas em tentativas de assaltos em coletivos de Fortaleza. Entre os feridos estão um policial militar, três mulheres e um dos assaltantes. A ação dos criminosos no transporte urbano é acompanhada por uma onda de ataques também a restaurantes e outros estabelecimentos do ramo de alimentação da Capital.

Professor é assassinado a tiros por aluno dentro da escola na Região Metropolitana de Fortaleza

Professor morto em Guaiúba

O professor foi baleado dentro da sala de aula, diante dos alunos, e acabou morrendo quando era socorrido. O atirador conseguiu fugir e está sendo procurado na cidade

Professor morto em Guaiúba 3

O professor Alan Nogueira foi baleado e morto

Um professor foi morto a tiros, na manhã desta quarta-feira (27), na cidade de Guaiúba, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). O crime aconteceu na Escola de Ensino Fundamental e Médio José Tristão Filho, localizada na Rua Maria do Carmo, 100. Segundo as primeiras informações colhidas pela Polícia no local do crime, um aluno invadiu a escola e atirou contra o professor Alan Nogueira, que era também o coordenador da unidade de ensino.

Bandido chefe de facção confessa ter assassinado mais de 20 pessoas em Fortaleza nos últimos meses

Serial Killer 1

O traficante e assassino "Júnior da Mirtes" se intitula "Conselheiro da Guerra" da facção GDE

Policiais civis da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas organizadas (Draco) capturaram um dos principais líderes de facções que atuam em Fortaleza. Henrique Soares Silva, conhecido também por “Júnior da Mirtes”, “Júnior Palhaço” ou “Jogador”, confessou naquela Especializada ter assassinado entre 17 a 20 pessoas nos últimos meses. Ele se apresenta como “Conselheiro de Guerra” da facção criminosa Guardiões do Estado (GDE) e atuava também como chefe do tráfico de drogas.

Assassinatos em cadeias e presídios cearenses aumentam 400 por cento no primeiro semestre de 2018, com 30 mortos

Cadeia 2

A superlotação, rixas pessoais e a rivalidade das facções motivam as mortes na cadeia

Subiu para 30 o número de presidiários mortos dentro de unidades do Sistema Penitenciário do Ceará. Na manhã desta segunda-feira, o corpo de um detento foi encontrado com marcas de violência em uma cela da Cadeia Pública de Acaraú (a 233Km de Fortaleza). A Polícia investiga o caso e acredita em assassinato.

Preso bandido juvenil que matava e aterrorizava moradores da comunidade Goiabeiras, na Barra do Ceará

Sansão 1 Sansão 2

Apontado como autor de vários assassinatos, "Sansão" foi preso na última sexta-feira

Com apenas 18 anos de idade, um bandido já é dono de uma longa ficha criminal e possui a fama de matar. É temido na Comunidade Goiabeiras, na zona Oeste de Fortaleza, mas agora está preso. Pesa sobre ele a acusação de ter assassinado, pelo menos, 10 pessoas naquele bairro, a maioria adolescentes e jovens, baleados e executados sumariamente com tiros de pistola.