Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará em 2020

2.157 em 19/06/2020

Comando da PM esclarece que soldado envolvido em assassinato em Maracanaú não pertence ao Raio

Maracanaú

O crime aconteceu em um bar, no bairro Alto da Mangueira, na noite de quarta-feira (22)

O Comando Geral da Polícia Militar do Ceará, através da sua Assessoria de Comunicação Social (Ascom), esclareceu,nesta quarta-feira (23), que o policial militar preso, em flagrante, após ter praticado um crime de assassinato, na noite da última quarta-feira (22), em Maracanaú, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), pertence ao efetivo da 2ª Companhia do 24º Batalhão da Corporação (2ªCia/24º BPM), em Pacatuba, e não ao Comando de Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (CPRaio), como foi divulgado pelo blog.

Policiais militares atiram um contra o outro em Maracanaú após soldado matar filho de sargento

Maracanaú

Daniel Sales, 33 anos, ex-presidiário, filho de um sargento da PM, foi morto por um soldado

Um tiroteio entre policiais militares foi registrado na noite desta quarta-feira (22), na cidade de Maracanaú, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF) e deixou uma pessoa morta e um militar ferido. O caso envolveu um soldado e um sargento da PM. Um filho do sargento acabou sendo assassinado. O caso agora será apurado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e pela Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos da Segurança Pública e do Sistema Penitenciário do Ceará (CGD).

Pandemia da bala deixa mais 18 pessoas mortas no Ceará nas últimas 24 horas

Aracati hoje 61

No começo da tarde desta quinta-feira, jovem foi morto no bairro São Francisco, em Aracati

Horizonte - Dourado hoje

Manhã de hoje, homem executado, a tiros, no bairro Dourados, cidade de Horizonte 

Cascavel 4

Homem assassinado com tiros nas costas, na manhã de hoje, na Vila Pacheco, em Cascavel 

Em pouco mais de 24 horas, mais 18 pessoas foram assassinadas no Ceará. A sequência de mortes violentas no estado foi agravada com a retomada, nesta quarta-feira (22) da guerra entre as facções criminosas Comando Vermelho (CV) e Guardiões do Estado (GDE), na Grande Fortaleza, nas últimas horas. Ontem, 12 pessoas foram assassinadas no estado. E nesta manhã de quinta-feira (23), mais seis homicídios foram registrados pela Polícia.

Guerra de facções ganha nova ofensiva e deixa mortos e pânico nas ruas da Grande Fortaleza

Jóquei Clube

Jovem executado, a tiros, no bairro Jóquei Clube, na tarde de ontem

Cidade 2000

Tiroteio e um jovem executado no bairro Cidade 2000, na guerra de facções da Zona Leste

Jurema juju

Execução sumária de um homem na Rua Saci, próximo aos trilhos, na Jurema, em Caucaia

Maraca

Em Maracanaú, o filho de um PM foi morto, a tiros, no bairro Alto da Mangueira 

A Grande Fortaleza viveu uma noite de ontem (22) e madrugada desta quinta-feira (23) de terror e violência. A guerra entre duas facções criminosas que atuam no estado do Ceará provocou vários episódios de tiroteios em bairros e favelas da Capital e sua Região Metropolitana, com mortes, pessoas feridas e pânico nas comunidades. A “guerrilha” dos grupos armados impactou até nos serviços essenciais, como ambulâncias do Samu que tiveram que ser retiradas de alguns bairros. Nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAS), várias pessoas baleadas procuraram socorro médico.

Pandemia da violência: no feriado de Tiradentes, 17 pessoas foram assassinadas no Ceará em menos de 24 horas

Sobral morte 3

Em Sobral, um jovem identificado por Douglas, foi morto, a tiros, na manhã de hoje (22)

Fátima 2

Em Fortaleza, um policial militar foi morto em uma tentativa de assalto, no bairro de Fátima

Caucaia 34

Em Caucaia, dois jovens foram mortos por membros de uma facção, no bairro Patrícia Saboya

Bonsucesso - morte

No bairro Bonsucesso, um homem foi executado na Rua Francisco Domingos 

Horizonte

Em Horizonte, um homem identificado por Francisco, foi morto, a tiros, na mesa de um bar

Lagoa domOpaia 2

Bairro Vila União: corpo de homem encontrado crivado de balas próximo à Lagoa do Opaia

José Walter

Conjunto José Walter, em Fortaleza, um ciclista foi executado a tiros na Avenida I

Madalena

Município de Madalena: bandido morto em confronto com policiais militares na zona rural 

Jangurussu

Conjunto Palmeiras, no Jangurussu: bandido morto a tiros ao tentar assaltar mercadinho

Dezessete pessoas foram assassinadas no Ceará nas últimas 24 horas. Com as ruas desertas por conta da quarentena da pandemia do coronavírus, e com o efetivo reduzido da Polícia Militar com o corte de combustíveis para viaturas, criminosos agem com intensidade desde o último fim de semana, e as facções criminosas aproveitam a situação para matar e espalhar o terror nas favelas e bairros da Grande Fortaleza.

Polícia caça criminosos que assassinaram sargento do CPChoque numa tentativa de assalto em Fortaleza

PM morto 3

Sargento Figueiredo, 45 anos,destacado no 2º Batalhão do Comando Especializado de Policiamento de Choque/CPEChoque (Batalhão Humaitá), foi morto em plena Avenida 13 de Maio, no bairro de Fátima

PM mrto 1

O militar estava há 22 anos nas fileiras da PM, onde ingressou em 15 de junho de 1998

Policiais do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), da Coordenadoria de Inteligência Policial (CIP) do Estado-Maior da PM, Coordenadoria de Inteligência da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (Coin/SSPDS), e da Inteligência do Comando de Policiamento Especializado de Choque (CPE/Choque), estão nas ruas de Fortaleza na caça aos criminosos que mataram um policial militar na noite desta terça-feira (21), na Capital.

Em menos de quatro meses, Ceará ultrapassa a marca de 100 mulheres assassinadas no ano

Caucaia morte de mulher

Jovens estão sendo mortas no Ceará por envolvimento com tráfico de drogas e facções 

O Ceará ultrapassou, na noite desta segunda-feira (20), a marca de 100 assassinatos de mulheres neste ano. Uma jovem de 23 anos de idade se tornou a 101ª mulher morta no estado em apenas quatro meses, incompletos. A violência contra a mulher tem aumentado no mesmo ritmo dos assassinatos em geral no Ceará, desde o início de 2020.

Pandemia da bala não dá trégua no Ceará e deixa mais 11 mortos nas últimas 24 horas

PESSOAS ASSASSINADAS NO CEARÁ NAS ÚLTIMAS 24 HORAS

Juazeiro WallaceMonsenhor TabosaHorizonte assassinatoJuajua

Wallace (Juazeiro)       Alexsandro (Mons. Tabosa)      Diego (Cascavel)       Josivan (Juazeiro)

Mais 11 pessoas foram mortas no Ceará nas últimas 24 horas. Nem mesmo o decreto de quarentena por conta do coronavírus e as chuvas torrenciais que caíram na Grande Fortaleza nas últimas horas impediram que os criminosos fosse às ruas cometer assassinatos na periferia da Capital e municípios metropolitanos. Dos 11 assassinatos, apenas três foram registrados no interior do estado.

Suspeito de matar o prefeito de Granjeiro é capturado no interior da Paraíba e será trazido para o Ceará

pARAIBA PRESO

Thiago Gutthyerre Pereira Alves, 31, foi capturado no fim de semana na cidade de Sumé (PB)

Deverá ser recambiado para Fortaleza ainda hoje (21) o homem preso no fim de semana passado no interior da Paraíba, suspeito de participação na morte do prefeito do Município de Granjeiro, no Cariri (a 478Km de Fortaleza). O crime ocorreu em dezembro do ano passado.

Número de assassinatos no Ceará na quarentena é mais que o dobro das mortes pelo coronavírus

Morte na rua

Os assassinatos nas ruas assustam mais a população que o risco de contrair o coronavírus 

Viaturas paradas

O corte de verbas na Segurança causou a redução do combustível e viaturas estão paradas

Em um mês desde que foi decretado pelo governo o isolamento social no Ceará, entre os dias 19 de março e 19 de abril, o estado contabilizou exatos 387 assassinatos, enquanto a pandemia do coronavírus causou 189 óbitos. O número de homicídios é mais que o dobro das mortes de pacientes infectados, de acordo com o cruzamento de dados da Segurança e da Saúde.

Sem viaturas da Polícia nas ruas, Ceará registra violência com 38 mortos durante o fim de semana

Pai e filho mortos em Acopiara

Em Acopiara, pai e filho foram assassinados a tiros, dentro de casa, na noite do domingo (19)

Com 50 por cento da frota de viaturas da Polícia Militar parados, por conta do corte de combustível, o Ceará registrou mais um fim de semana com muita violência. Um balanço parcial aponta que 32 assassinatos foram praticados no estado entre a sexta-feira passada (17) e o começo da madrugada desta segunda-feira (20). Outras seis pessoas morreram em acidentes de trânsito, totalizando 38 mortes violentas.

Sexta sem lei: nove pessoas foram assassinadas na Grande Fortaleza em menos de 24 horas

Colônia morte

Bairro Colônia: um entregador foi morto, a tiros, na guerra das facções Pirambu x Barra do Ceará 

Bandidos mortos na Granja Portugal

Granja Portugal: dois bandidos foram mortos ao tentar assaltar um PM de folga 

Sítio São João morte

Jangurussu: um assaltante foi morto na Avenida Valparaíso por ordem uma facçãoJandaiguaba

Caucaia: no bairro Jandaiguaba, um homem foi fuzilado quando trafegava em uma moto

Aquiraz morte

Aquiraz: um ex-presidiário foi executado sumariamente com mais de 10 tiros, no Novo Iguape 

Nove pessoas foram mortas na Grande Fortaleza nas últimas 24 horas, de acordo com os registros das unidades plantonistas da Polícia Civil e da Polícia Militar. Foram seis casos em Fortaleza, além de dois crimes na Região metropolitana, nos Municípios de Caucaia e Aquiraz. Entre os casos, uma dupla de assaltantes que acabou morta por um policial militar, que reagiu durante uma tentativa de roubo.

Violência armada deixa mais 12 pessoas mortas no Ceará em assassinatos nas últimas 24 horas

Caucaia morte Jandeiguaba

Um homem foi executado, a tiros, na manhã de hoje, em Jandaiguaba, Caucaia

Praça da Bandeira

Na Praça da Bandeira, no Centro, um homem com tornezeleira eletrônica foi linchado

Doze pessoas foram assassinadas no Ceará nas últimas 24 horas, de acordo com registros dos órgãos da Segurança Pública em todo o estado. Na Capital, seis pessoas acabaram mortas nos bairros Jangurussu, Granja Lisboa, Presidente Kennedy, Granja Portugal e Centro. Na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF) ocorreram crimes de morte em Caucaia, Maracanaú, Itaitinga e Trairi. E no interior, nos Municípios de Quixeré e Itapipoca.

Com mais dois crimes nas últimas 24 horas, Ceará registra 98 mulheres assassinadas em 2020

Tariri 2 mulherTrairi mulherPirambu mulher

Ruth, morta em Trairi                   "Pepê, morta em Fortaleza             Karoline, morta em Fortaleza 

Subiu para 98 o número de mulheres assassinadas no Ceará neste ano. Nas últimas 24 horas foram registrados pelas autoridades da Segurança Pública mais dois óbitos de mulheres vítimas da violência. Um dos crimes ocorreu na manhã de ontem, quando uma jovem foi baleada na fila de uma agência bancária, na zona Oeste de Fortaleza.

Tentativa de assassinato deixa mulher baleada e pânico na fila de uma agência da Caixa em Fortaleza

Guará tiro 1

Câmeras do banco filmaram a chegada dos criminosos em bicicletas 

Quatro bandidos armados, dois deles com aparência de serem adolescentes, praticaram uma tentativa de assassinato, na manhã desta quinta-feira (26), em meio a uma imensa fila de pessoas que aguardavam atendimento em uma agência da Caixa Econômica, ao lado de um supermercado, no bairro Presidente Kennedy, zona Oeste de Fortaleza.

Em meio à pandemia de coronavírus, índices de assassinatos no Ceará "explodem" em 2020 com 1.301 mortos

Aerolandia hoje

Nem mesmos idosos escapam da fúria dos criminosos. No bairro Aerolândia, uma anciã de 72 anos foi fuzilada na porta de casa por bandidos que procuravam matar o filho dela e não o encontraram 

Os números são catastróficos para a Segurança Pública no Ceará neste começo de 2020. Entre os dias 1º de janeiro e 14 de abril, nada menos que 1.301 assassinatos foram registrados no estado, incluindo neste somatório os Crimes Violentos, Letais e Intencionais/CVLIs (1.263), homicídios nas unidades do Sistema Penitenciário (1) e mortes por intervenção policial (37).