Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará 2017

4.941

Atualizado em 18/12/2017  

"Foi um milagre de Deus", diz mãe da pequena Beatriz, que caiu do segundo andar do prédio e sobreviveu

Terça 19.1.2016 003

“Foi um milagre! Deus salvou a vida da minha filha”. O desabafo é da mãe da pequena Beatriz, a menina que sobreviveu a uma queda do terceiro andar de um prédio residencial na manhã da última sexta-feira, em pleno Centro de Fortaleza.

Depois de passar por uma avaliação médica criteriosa, a menina foi liberada do hospital com apenas alguns ferimentos superficiais no rosto e nos braços e pernas. Mas, já recebeu alta e está de volta ao convívio de sua família simples, moradora de um quitinete ao lado da sede da Polícia Civil do Ceará, na Rua Sena Madureira, Centro de Fortaleza.

A mãe conta que acordou sexta-feira bem cedo, co  faz todos os dias, para preparar os outros filhos para ir ao colégio. A pequena Beatriz ficou na cama. Acordou e começou a brincar. Em seguida, conseguiu chegar até a janela e de lá acabou caindo.

A menina se precipitou de uma altura aproximada de 30 metros do solo, e só não sofreu ferimentos graves porque antes de chegar ao chão, passou pelos fios de telefone do prédio, fazendo com que ao impacto da queda fosse amortecido.

Câmeras filmaram o momento em que a criança chega à calçada depois da queda. Ela passa alguns  instantes imóvel e depois começa a engatinhar.  Um mototaxista que passava pelo local foi o primeiro a socorrer a menina. Depois a mãe aparece desesperada.  O que poderia ter sido uma tragédia, não passou de um grande susto para todos e, para a mãe  de Beatriz, um milagre. 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar