Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Portuguese English French Italian Japanese Spanish

Mãe é presa acusada de ser cúmplice de abusos sexuais sofridos pela filha de 10 anos. Acusado é o padrasto

mukher algemada

A mãe, de 19 anos, sabia que a filha era abusada há ano e não denunciou o companheiro

Uma jovem mãe de 19 anos foi presa, ontem (20), por ordem judicial no Interior cearense. A Polícia comprovou em investigações que a  garota era cúmplice de abusos  sexuais praticados contra sua própria filha, uma menina de apenas 10 anos. O caso ocorreu na cidade do Cedro, na Região Centro-Sul do Estado (a 420Km de Fortaleza). E mais: a violência vinha sendo praticada há, pelo menos, um ano.

A jovem (identidade não revelada  como determina o Estatuto da Criança e do Adolescente, para preservar a criança) foi presa através de um mandado de prisão preventiva. O caso foi investigado pela Polícia Civil através da Delegacia Regional de Icó.

A menina foi encontrada ensangüentada e chorando muito há duas semanas nas proximidades do Terminal Rodoviário do Cedro e resgatada pela Polícia e pelo Conselho Tutelar. Coube ao o delegado-regional de Icó, Marcos Sandro Lira Nazaré, instaurar inquérito policial sobre o caso.

Há um ano

Logo, a Polícia descobriu que o autor da violência sexual contra a criança foi seu próprio padrasto, de 53 anos, que acabou preso na semana passada. A mãe, então, foi chamada para dar esclarecimentos acerca do fato, e a Polícia descobriu que a menina era abusada desde os 9 anos pelo padrasto. A mãe sabia de tudo, mas não denunciou o caso.

A criança agora está sob os cuidados da família e sob a orientação do Conselho Tutelar. A mãe e o padrasto agora se encontram recolhidos na Cadeia Pública de Icó

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

z1
 
 
Jornalista
Fernando Ribeiro
Bem-vindos ao blog, espaço destinado a matérias sempre atualizadas sobre Fortaleza e o Estado do Ceará
 
icon (85) 8826.7143

Compartilhe conteúdo

15639320764840782235

zz1