Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará em 2020

2.157 em 19/06/2020

Tragédia em família: homem drogado mata a mãe e a irmã em Juazeiro do Norte e diz que fez "besteira"

EngarrafamentoJuazeiroPMRaio 013

Wennys Callou, 28 anos, matou a facadas a mãe, a professora Maria Rita, 48 anos; e a irmã, a estudante universitária Laura Callou, de 21 anos, estudante de Letras da Urca. Na casa deles, a Polícia encontoru pedras de crack. O assassino foi preso na casa do avô, no Crato FOTOS: Agência Miséria

Uma tragédia familiar ocorreu, no último fim de semana, na cidade de Juazeiro do Norte (distante 580 quilômetros de Fortaleza). Supostamente drogado e armado, um homem de 28 anos, discutiu com a mãe e a irmã, tentando obter dinheiro para comprar mais entorpecentes. No conflito dentro de casa, ele se armou com uma faca e matou as duas mulheres. Depois de cometer o duplo assassinato, o suspeito fugiu para a vizinha cidade do Crato e se dirigiu à casa do avô, onde acabou preso.

O crime que chocou a população do Cariri (Sul do Estado) ocorreu por volta das 20 horas do último domingo (9). O jovem Wennys Callou Filgueiras, 28, usuário de drogas, chegou em casa, situada na Rua Ernestina Dias Sobreira, no bairro Limoeiro, periferia de Juazeiro, e começou a discutir com a mãe, a professora primária Maria Rita Filgueiras Callou, de 48 anos. Exigia dinheiro para comprar mais drogas. A irmã dele, a universitária Laura Callou Filgueiras, 21 anos, estudante do curso de Letras da Universidade Regional do Caririr (Urca), tentou intervir, o que teria dado início a uma luta corporal.

Facadas

Armado com a faca, Wennys investiu contra as duas mulheres e passou a esfaqueá-las. Só parou quando a mãe e a irmã tombaram sendo vida dentro da residência. Em seguida, ele fugiu para a cidade do Crato e foi parar na casa do avô materno, localizada na comunidade Baixa do Maracujá, na zona rural. Ensanguentado, disse que tinha acabado de fazer uma “besteira”. Logo, revelou o crime e ali ficou. A Polícia foi chamada e o prendeu em flagrante.

Na casa onde aconteceu o duplo homicídio, a Polícia encontrou pedras de crack que seriam utilizadas pelo assassino. A residência estava completamente em desalinho, com móveis e eletrodomésticos quebrados e espalhados pelo chão, que confirma que teria havido, supostamente, uma luta corporal entre o assassino e suas duas vítimas. Os corpos da professora Maria Rita e de sua filha estavam debaixo dos móveis danificados.

O assassino foi levado para a Delegacia Regional de Juazeiro do Norte e autuado em flagrante por crime de homicídio. O clima no bairro onde ocorreu o crime ainda é de revolta e tristeza.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar