Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará 2018

3.668 em 25/9/2018  

Cuidadora de idosos é presa após furtar 200 mil do patrão no dia em que ele morreu

 Cuidadora presa

 Na casa de Elizabete, a Polícia encontrou parte dos R$200 mil furtados. Ela foi presa em flagrante

 VEJA VÍDEO DO FLAGRANTE NA CASA DA CUIDADORA

 

Uma mulher de 48 anos de idade foi presa na cidade do Crato, na Região Sul do estado, o Cariri (a 540Km de Fortaleza), acusada de furtar cerca de R$ 200 mil de uma idosa. Além de grande parte do dinheiro, a Polícia recuperou também muitos objetos que a ladra havia furtado da casa da vítima.

A investigação foi realizada pela equipe de inspetores da Delegacia Regional do Crato após a idosa (identidade preservada) descobrir que o dinheiro e muitos objetos seus haviam sido furtados. Ela contou que a ladra, identificada como Elizabete Feitosa de Sousa Lima, 48 anos, se ofereceu para ajudá-la a cuidar do marido, também muito idoso e enfermo. Há duas semanas o homem acabou falecendo.

No mesmo dia do velório do idoso, a suposta cuidadora entrou na casa e furtou cerca de R$ 200 mil em espécie, além de vários objetos do casal, como móveis, ferramentas e utensílios domésticos. Colocou tudo dentro do seu carro e levou para casa.  A viúva prestou queixa à Polícia e logo os policiais descobriram que a mulher que havia sido contratada para cuidar do casal de anciões era a autora do crime. Logo, os policiais foram até a casa dela.

Na residência de Elizabete os policiais encontraram cerca de R$ 134 mil dos R$ 200 mil furtados, além dos objetos que ela havia se apoderado. Na delegacia, ao ser autuada em flagrante por crime de furto qualificado (com abuso de confiança), a ladra disse que praticou o crime para “se vingar”, afirmando que idoso que ela cuidava “era um homem muito ruim”.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar