Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará em 2020

2.157 em 19/06/2020

Polícia Federal prende no Ceará, nesta quarta-feira, dois suspeitos de pedofilia através da internet

Polícia Federal 16

Pelo menos, duas pessoas foram presas, na manhã de hoje (20), no Ceará, em conseqüência de mais uma ofensiva da Polícia Federal brasileira contra o crime de pedofilia através da internet. Trata-se da “Operação Araceli”, que atingiu dez estados brasileiros, além do Distrito Federal, para o cumprimento de 29 mandados de busca e apreensão.

No Ceará, a PF realizou buscas em endereços na Capital e na cidade de Juazeiro do Norte, na Região do Cariri (Sul do Estado). As prisões ocorreram logo no começo da manhã e, até agora, os nomes dos envolvidos ou suspeitos não foram ainda revelados. Eles são acusados de crime previsto no artigo 241-B do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), cujas penas podem chegar à seis anos de prisão e pagamento de multa.

A operação é decorrente de uma longa investigação que a Polícia Federal vinha realizado de forma sigilosa através do rastreamento de pistas através das quais foi descoberto o endereço de computadores que armazenavam e/ou distribuíam conteúdo pornográfico.

Imagens de crianças e adolescentes em situação de exploração sexual e de pornografia em vídeos e fotos estariam sendo disseminadas (compartilhadas) na internet pelas pessoas investigadas. Através da varredura permitida com a quebra de sigilo eletrônico, foram identificados os IP.

Além do Ceará, a “Operação Araceli” atinge os estados do Rio Grande do Norte, Acre, Alagoas, Amazonas, Goiás, Pernambuco, Rio Grande do Sul, Roraima, Santa Catarina, além do Distrito Federal.

Homenagem

O nome da operação presta uma homenagem à Araceli Cabrera Sanchez, uma menina de 8 anos de idade, seqüestrada, violentada e, em seguida, assassinada cruelmente no Rio de Janeiro, em 18 de maio de 1973, crime que até hoje permanece na impunidade. Posteriormente, a data (18 de maio) ficou instituída como o Dia Nacional de

Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, através da lei federal de número 9.970 de 2000.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar