Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará em 2019

2.109 em 20/11/2019  

Polícia Civil faz operação para prender envolvidos no furto milionário de remédios da Secretaria de Saúde do Estado

Farmácia

Uma distribuidora de medicamentos, localizada no Centro de Fortaleza, próxima à Catedral Metropolitana amanheceu hoje cercada por policiais civis 

Noventa policiais civis estão nas ruas de três cidades da Região Metropolitana de Fortaleza desde as primeiras da manhã desta sexta-feira (1º). O objetivo é o cumprimento de mandados de prisão e de busca e apreensão nas investigações sobre o furto milionário de remédios controlados ocorrido na sede da Coordenadoria de Assistência Farmacêutica da Secretaria da Saúde do Estado do Ceará.

A operação policial, batizada de “Furta Vitae”, tem o objetivo de cumprir oito mandados de prisão temporária e mais 11 de busca e apreensão em endereços nas cidades de Fortaleza, Eusébio e Caucaia, na zona metropolitana. Os alvos são funcionários do próprio órgão onde teria ocorrido o furto há duas semanas.

Um dos endereços “alvos” da operação é uma distribuidora de medicamentos localizada na Rua Governador Sampaio, no Centro de Fortaleza, nas proximidades da Catedral Metropolitana da Capital. O prédio amanheceu hoje cercado por policiais civis fortemente armados e usando balaclavas (capuzes).

De acordo com a Secretaria de Saúde do Estado, o furto dos medicamentos foi descoberto durante uma inspeção de rotina no estoque da Coordenadoria. Há informações extra-oficiais que as câmeras de segurança do prédio chegaram a ser desligadas enquanto era praticado o crime. A investigação chegou aos nomes de funcionários que estariam desviando os materiais durante seus plantões.

Operação

A operação que está sendo realizada nesta sexta-feira decorre de pedidos de prisão e de busca e apreensão feitos à Justiça pela equipe da Delegacia de Combate à Corrupção (Decor). Participam da ação policial inspetores e delegados de outras duas unidades da Polícia Civil: Os departamentos de Recuperação de Ativos (DRA) e o Técnico Operacional (DTO).

Os suspeitos detidos estão sendo levados para o Complexo das Delegacias Especializadas (Code), no bairro de Fátima.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar