Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Portuguese English French Italian Japanese Spanish

Sábado de rebeliões e brigas nas delegacias e presídios com superlotação de presos na Grande Fortaleza

Iphone 21-3-2015 008

Este preso sofreu espancamentos durante um motim no 1º DP (Monte Castelo) hoje à tarde

Cadeias e delegacias superlotadas. O resultado disso tem sido constantes rebeliões, fugas, brigas, motins e muita destruição e violência. Este é o quadro que se apresenta o Sistema Penitenciário na Região Metropolitana de Fortaleza e nas delegacias da Capital. Somente neste sábado (21), uma rebelião e uma briga generalizada mobilizaram a Polícia Militar para conter os revoltosos. Vários feridos foram identificados.

O primeiro levante ocorreu nas dependências da Casa de Privação Provisória da Liberdade Dois (CPPL 2), em Itaitinga. Segundo informações das autoridades, em conseqüência da superlotação e do descontentamento dos detentos, teve início uma rebelião em duas galerias daquela unidade prisional, as “ruas” E e F.

Os presos queimaram colchões, roupas e lençóis, danificaram as grades das celas, quebraram cadeados e promoveram uma completa desordem, com risco de fuga e de dominarem os funcionários da instituição. Rapidamente, o Grupo de Apoio Penitenciário (GAP) entrou em ação juntamente com a Tropa de Choque da PM e a rebelião foi contida.

Conforme o relato das autoridades, os detentos danificaram completamente as dependências da cadeia. Contudo, nenhum deles conseguiu fugir. Todos, porém, estão soltos nas galerias, já que as trancas dos xadrezes foram destruídos.

Delegacias

Já nas delegacias de Polícia de Fortaleza e da Região Metropolitana, o quadro de superlotação voltou a preocupar as autoridades. A retenção de tantas pessoas nas carceragens das DPs é reflexo, segundo a Polícia, de uma recente medida tomada pela Justiça, que reduziu o número de vagas no Sistema Penitenciário. Através de uma portaria, o juiz da Vara das Execuções Penais, Luiz Bessa, ficou estabelecido que, para cada preso transferido de uma delegacia para o presídio é necessário que dois sejam soltos das cadeias.

Agora, as delegacias estão novamente abarrotadas de presos e, na tarde de hoje, os que estão recolhidos nos xadrezes do 1º DP (Monte Castelo), iniciaram uma briga coletiva seguida de motim. Um dos presos foi seriamente espancado. A situação só foi controlada com a presença de policiais do Comando Tático Motorizado/Cotam. Naquela delegacia estão recolhidos 24 presos.

Veja agora as delegacias mais superlotadas da Grande Fortaleza:

1º DP (Monte Castelo) = 24 presos

2º DP (Aldeota) = 18 presos

3º DP (Otávio Bonfim) = 31 presos

10º DP (Antônio Bezerra) = 12 presos

11º DP (Pan-Americano) = 25 presos

12º DP (Conjunto Ceará) = 40 presos

17º DP (Vila Velha) = 19 presos

33º DP (Barra do Ceará/Goiabeiras) = 16 presos

34º DP (Seccional Centro) = 54 presos

Divisão de Homicídios/DHPP (B. Fátima) = 9 presos

Delegacia de Capturas e Polinter (Centro) = 130 presos

Delegacia Metropolitana de Pacatuba = 11 presos

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar