Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará 2018

2.017

Atualizado em 25/5/2018  

Crime filmado: Polícia já sabe quem é o assassino que matou jovem na churrascaria

Filmado 1 Filmado 2

Este é o suspeito do crime filmado                        Matheus Mendes Gomes, morto a tiros

Filmado 3

A filmagem mostra o momento em que o assassino aponta a arma para a nuca da vítima

A Polícia já identificou o homem responsável pelo assassinato de um jovem de 22 anos, crime ocorrido na noite da última quinta-feira no Município de Maracanaú, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). O assassinato aconteceu dentro de uma churrascaria localizada no Conjunto Timbó e foi filmado pelas câmeras do estabelecimento.

A vítima da execução sumária foi identificada como Matheus Mendes Gomes, que era estudante universitário e trabalhava como gerente do período noturno da Churrascaria do “Zé Filho”, localizada na Rua 140 do Conjunto Timbó.

Era por volta de 23 horas, quando o rapaz foi covardemente morto com vários tiros à queima-roupa enquanto trabalhava. As imagens gravadas pelas câmeras da churrascaria mostram o momento em que o assassino entra e dispara o primeiro tiro quando a vítima estava de costa. O tiro atinge a nuca do rapaz e ele cai imediatamente, sendo atingido com mais quatro tiros em várias partes do corpo.

Em seguida, o assassino sai calmamente da cena do crime, caminha até a calçada onde dispara um último tiro em direção ao interior do estabelecimento comercial. Os clientes e funcionários saem correndo desesperadamente e o criminosos foge.

Fotografia

Segundo as primeiras investigações, na noite anterior Matheus havia discutido com um jovem que ali fora entregar mercadorias. A Polícia suspeita que esta possa ter sido a motivação do assassinato, mas não descarta outras hipóteses. O rapaz era genro do dono da churrascaria e considerado muito calmo. As imagens da cena do crime foram encaminhadas à Delegacia Metropolitana de Maracanaú e à Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

A Polícia não revelou o nome do assassino, mas fotos dele “vazaram”nas redes sociais.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar