Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará 2018

2.779

Atualizado em 20/7/2018  

Polícia prende suspeito de ter contratado pistoleiros para executar funcionário da escola, em Guaiúba

Professor 500

Alan Rosário Nogueira, 36 anos, foi executado a tiros na porta da escola pública onde trabalhava

Para a Polícia, o crime ocorrido dentro de uma escola, na cidade de Guaiúba, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), fato ocorrido na manhã desta quarta-feira (27), foi passional e de “encomenda”. Insatisfeito com a separação e com ciúmes da ex-companheira, ele teria contratado pistoleiros para matar o funcionário de uma escola da rede pública.

A vítima foi o auxiliar administrativo Alan Rosário Nogueira, 36 anos, funcionário da Escola Estadual de Ensino Médio e Fundamental José Tristão Filho, situado no Centro de Guaiúba (a 30Km de Fortaleza). No momento em que entrava na escola, por volta de 8h25, Alan foi atingido com vários tiros na cabeça, no tórax e no abdome. Chegou a ser levado para a emergência do hospital daquela cidade, mas não resistiu. O crime foi presenciado por vários alunos e professores do estabelecimento de ensino. As aulas foram suspensas, pois o clima era de medo.

Segundo a Polícia Militar, logo após o assassinato, patrulhas fizeram buscas e as diligências culminaram na prisão do suposto mandante da morte do funcionário da escola.

Um homem, cuja identidade não foi revelada, não se conformava com a separação. A mulher havia decidido terminar o relacionamento e os dois estavam separados há cerca de 15 dias. Neste intervalo, o ex-marido fez ameaças à mulher, que registrou queixa na Polícia. A mulher estaria iniciando um suposto caso com Alan Nogueira.

Crime de “encomenda”

Preso, o suspeito confessou que contratou um pistoleiro por R$ 1.500,0 para praticar o assassinato. “Foi um crime passional, motivado por ciúmes, não temos mais dúvidas”, disse o tenente-coronel PM Alves, comandante do policiamento da área que abrange Guaiúba e outros quatro Municípios da Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), pertencentes à Área Integrada de Segurança Doze (AIS-12), Maracanaú, Maranguape, Pacatuba e Itaitinga.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar