Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará em 2019

2.274 em 14/12/2019  

Vereador será chamado a depor sobre postagem de facções criminosas em rede social envolvendo seu nome

John

John Monteiro ainda não se pronunciou sobre o assunto que envolve a Segurança Pública

O vereador de Fortaleza, John Monteiro, deverá ser  “convidado” a prestar esclarecimentos na Polícia Civil acerca de uma postagem nas redes sociais na qual seu nome aparece. A mensagem diz respeito à comemoração entre gangues  em torno de uma união patrocinada, supostamente, por uma facção criminosa.

Na semana passada, o nome do vereador foi colocado numa postagem no Facebook, juntamente com o de outras pessoas que seriam comerciantes, líderes de torcida organizada, chefes de gangues e outras, que seriam moradores dos bairros Varjota, Vicente Pinzón, Mucuripe e de várias favelas naquela região da Capital.

A mensagem, na verdade, era um chamamento para comemorar a união entre as gangues das comunidades em torno de uma suposta trégua ou “pacificação” para evitar os contínuos assassinatos na área leste de Fortaleza.  Apesar de ter seu nome colocado como um dos destinatários da mensagem, até agora, o político não se pronunciou oficialmente sobre o episódio.

Chamados

A Polícia Civil aprofunda, de forma sigilosa, uma investigação acerca da presença de lideranças do Primeiro Comando da Capital (PCC) e do Comando Vermelho (CV) em Fortaleza. As duas facções criminosas de São Paulo e do Rio de Janeiro, respectivamente, estariam em disputa para atrair ao seu comando o tráfico de drogas que vinha sendo dominado pelas gangues ou quadrilhas estabelecidas em vários bairros da cidade.

Conforme foi levantado pela Inteligência, bairros  como Conjunto Tasso Jereissati, Tancredo Neves, Varjorta, Mucuripe, Praia do Futuro, Barra do Ceará, Goiabeiras, Vila Velha, Antônio Bezerra, Sapiranga, Água Fria e outros já estariam sendo ocupados pelos chefes das duas facções de fora.  

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar