Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará em 2019

315 em 19/2/2019  

Gangues do Pirambu e de Aracati comemoram "união pela paz" e passam a ser controladas pela facção carioca Comando Vermelho (CV)

Quarta-feira 3.2.2016 052

Dezenas de gangueiros se reuniram, na noite de ontem, na Praça do Abel, no bairro Pirambu, para comemorar a união das quadrilhas e selar uma trégua. A Polícia não apareceu

Quarta-feira 3.2.2016 058

Gangues fizeram questão de falar abertamente para os moradores que agora são do Comando Vermelho

Quarta-feira 3.2.2016 062

Jovens gritavam que a "guerra" agora não é mais contra os grupos rivais, mas contra a Polícia

Quarta-feira 3.2.2016 039

De dentro da cadeia de Aracati, bandidos postaram imagens e mensagens também falando do pacto do C.V.

Moradores do bairro Pirambu, na zona Oeste de Fortaleza,  foram surpreendidos, na noite desta terça-feira (2), com uma reunião de dezenas de jovens envolvidos em gangues do bairro. Eles comemoravam mais um capítulo do avanço de facções criminosas na Capital. Selaram um pacto pela paz entre quadrilhas que passaram a ser chefiadas pelo Comando Vermelho (CV), organização criminosa fundada nos presídios do Rio de Janeiro.

Com gritos, palavras de ordem e muitos fogos de artifício estourando a noite inteira, as gangues da Praça do Abel, Coqueirinho, Caldeirão, Areia Grossa, da Santa Inês, Santo Inácio e Cacimba dos Pombos comemoraram a união que, em tese, trará uma trégua  da sequência de mortes violentas no bairro.

O mesmo tipo de manifestação de grupos criminosos que se uniram em torno de um pacto de paz sob as ordens das facções criminosas ocorreram nos últimos dias em várias comunidades da Capital, entre elas, os bairros Tancredo Neves, Varjota, Mucuripe e Conjunto Tasso Jereissati.

No Interior

Também ontem, o  mesmo aconteceu ontem, através das redes sociais, na cidade de Aracati, no litoral Leste do Estado (a 149Km de Fortaleza).  Nas postagens, bandidos de, pelo menos, oito gangues ou “quebradas”, decidiram dar uma trégua nos confrontos e mortes.

Foram citadas como envolvidas no “Salve Geral”  da facção Comando Vermelho as gangues das comunidades da Priscila, Maloca, Gruta, Baixada, Inferninho, Tabajaras, Campo Verde e Campo da Espinha, todas localizadas na periferia da cidade e onde o tráfico de drogas é intenso.

Os criminosos colocaram também fotografias de bandidos presos. De dentro da cadeia pública de Aracati eles mandaram mensagens e imagens falando sobre a união em torno do Comando Vermelho.  Nenhuma autoridade quis falar sobre o assunto. 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar