Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro Mortes no Ceará 2017

3984
Atualizado em 19/10/2017

CEARÁ PACÍFICO??? Polícia Civil faz apreensão recorde de medicamentos de venda controlada e prende três suspeitos

Tarja Preta presos

Os três homens envolvidos na comercialização dos medicamentos acabaram presos na operação

A Polícia Civil revelou, nesta segunda-feira (28), ter realizado uma das maiores apreensões de medicamentos controlados que haviam sido desviados por uma quadrilha e que estavam sendo vendidos de forma ilegal em Fortaleza. Nada menos, que 140 mil comprimidos de comprimidos de venda e uso controlados foram confiscados na “Operação Tarja Preta 2”.

Três pessoas foram presas na operação. Entre elas, um homem de 51 anos de idade, detido pelos policiais da Divisão de Combate ao Tráfico de Drogas (DCTD) no bairro de Fátima. Os comparsas foram detidos na Cidade dos Funcionários e Parquelândia.

Conforme as autoridades policiais, José Leonardo Sales de Freitas, 51 anos, foi  preso no bairro de Fátima, na manhã de segunda-feira (28). Ele é irmão de Evangelista Sales de Freitas, 44 anos, preso em outubro passado na primeira fase da operação.

Já na semana passada, ainda na terça-feira (22), a Polícia havia prendido Raimundo Nonato Macedo da Costa, no bairro Cidade dos Funcionários. Ele era investigado desde o primeiro desdobramento da investigação.  Na quinta-feira (24) foi detido o terceiro envolvido. Trata-se de Antônio Gotardo Sousa de Araújo, 57 anos.

Tarja preta

De acordo com as autoridades, entre os 140 mil comprimidos estão esteróides, anabolizantes, abortivos, inibidores de apetite e outros fármacos. Raimundo Nonato foi o primeiro a ser detido quando se preparava para fazer uma entrega de grande quantidade de medicamentos. Ele foi apanhado pela Polícia na Cidade dos Funcionários. Em seguida, os policiais foram até a casa dele e encontraram diversas caixas contendo, nada menos, que 98.030 comprimidos e 746 frascos e ampolas.

Nos dias seguintes os dois comparsas foram também capturados e mais medicamentos confiscados.  A Polícia acabou ainda descobrindo que os remédios de venda e usos controlados eram contrabandeados de diversos países. 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar