Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará em 2018

4.274 em 14/11/2018  

PM ocupa o Barroso 2 e prende traficantes que teriam ordenado a expulsão de moradores

Barroso 100

Os três traficantes foram denunciados pela população e capturados por uma patrulha do BPRaio

Barroso 200

Armas de fogo e drogas foram apreendidos pela Polícia com os três traficantes

A Polícia Militar capturou nesta quinta-feira (4), três pessoas suspeitas de envolvimento com uma facção criminosa responsável por ordenar a expulsão de moradores do bairro Barroso Dois, na zona Sul da Capital.  As prisões aconteceram após a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) determinar que a área fosse ocupada pelas forças policiais. Na última quarta-feira (3), dezenas de famílias daquela comunidade foram ameaçadas e obrigadas a abandonar suas casas por ordem de bandidos da facção Guardiões do Estado (GDE).

Segundo nota da SSPDS, policiais militares do Batalhão de Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio) prenderam em uma casa do bairro, dois homens e uma mulher que seriam os responsáveis pelas pichações com ameaças de morte contra os moradores caso estes se recusassem a desobedecer a ordem de se retirar do local.  Com os suspeitos foram encontradas armas, munições e entorpecentes, além de outros objetos usados em crimes, como máscaras e capuzes.

Os três suspeitos foram identificados no Arlen Sousa Ferreira, 24 anos; Rhuan Alberto Oliveira da Conceição, 20 anos; e Marcela Sena Fraga, 34 anos. Segundo a SSPDS, uma denúncia anônima recebida pela Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops) indicou que os suspeitos estariam escondidos em uma casa na Rua São Cipriano.

Drogas e armas

O local foi cercado pelos homens do BPRaio e dentro da residência estavam os acusados escondidos debaixo de uma pia. Com eles foi encontrada uma mochila contendo drogas (tabletes de maconha e papelotes de cocaína). Também foram apreendidos no local uma pistola de calibre 380, um rifle de calibre 44, munições de calibre 380, carregadores de pistola, balanças de precisão digital e três capuzes, além de uma pequena quantidade de dinheiro.

Os três suspeitos foram encaminhados ao 13º DP (Cidade dos Funcionários) onde foram autuados em flagrante por crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico e porte ilegal de armas. Estão também sendo investigados por crimes de homicídio na região, além das ameaças aos moradores.

A Polícia Militar informa que a ocupação será mantida e denúncias podem ser encaminhadas pela população através do fone 181, com a garantia de preservação do sigilo sobre os denunciantes. 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar