Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará em 2019

1.158 em 25/6/2019  

Polícia Federal prende em São Paulo suspeito de matar líderes do PCC no Ceará

Gegê do Mangue e Paca juntos 2

"Gegê do Mangue" e "Paca" foram mortos em fevereiro do ano passado em Aquiraz, na RMF

Agentes da Polícia Federal capturaram, na manhã de hoje (16), em São Paulo, um homem apontado como envolvido na morte de dois líderes da facção Primeiro Comando da Capital (PCC), no Ceará, em fevereiro do ano passado. Trata-se de Jefte Ferreira dos Santos, que era considerado foragido da Justiça e foi denunciado pelo Ministério Público por participação no duplo assassinato.

O crime ocorreu na tarde de 15 de fevereiro do ano passado, no Município de Aquiraz, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). Os dois homens que seriam integrantes da cúpula da facção criminosa paulista, foram levados de helicóptero até a reserva indígena Lagoa da Encantada, e executados a tiros de pistola. Em seguida, os assassinos tentaram incendiar os corpos, mas a chuva apagou o fogo.

Foram mortos os bandidos Rogério Jeremias de Simone, o “Gegê do Mangue”; e Fabiano Alves de Souza, o “Paca”, que tinham uma vida milionária no Ceará, gastando dinheiro que seria oriundo dos negócios do tráfico do PCC no Ceará. Isso teria desagradado a cúpula da facção em São Paulo, que teria ordenado a morte dos dois comparsas.

Prisão

Segundo Ministério Público de São Paulo (MP-SP), Jefte teria tido participação direta na morte de “Gegê do Mangue” e “Paca”. Na manhã desta quarta-feira, ele foi capturado por agentes da PF em uma casa de praia em Itanhaém, no Litoral paulista. Estava acompanhado de um homem que seria seu namorado. De lá, ele foi encaminhado direto para a Superintendência da PF na Capital.

Com o bandido, a Polícia apreendeu vários telefones celulares, que agora serão periciados e a Justiça poderá autorizar a quebra do sigilo para rastrear ligações feitas pelo bandido, bem como, degravar os diálogos que são importantes para a investigação.

Não está descartada a hipótese de Jefte ser transferido para Fortaleza nos próximos dias.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar