Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará em 2019

1.299 em 19/7/2019  

Preso em Acaraú bandido que comandava o tráfico de drogas, mortes e atentados. Ele tinha seguranças e carro blindado

Acaraú 20 Acaraú 30

O traficante e seu comparsa são temidos em Acaraú, onde comandavam o tráfico

Acaraú 40 - armas

Armas, drogas, munição e dinheiro foram apreendidos durante a operação em Acaraú 

Uma operação policial realizada no litoral Norte do estado resultou na prisão de um bandido apontado como chefe de uma quadrilha ligada ao tráfico de drogas, assassinatos e também atentados criminosos ocorridos no mês de janeiro passado. Jones Magalhães da Silva, conforme as autoridades da Segurança Pública, chefiava um grupo criminoso que atuava em várias cidades da Região Norte, a partir do Município de Acaraú (a 233Km de Fortaleza).

A prisão do suspeito ocorreu no início da semana, mas somente nesta quarta-feira (13), o resultado da operação foi revelado à Imprensa em uma coletiva que reuniu jornalistas no auditório da Delegacia Geral da Polícia Civil (DGPC), em Fortaleza. Armas, munições drogas foram apreendidos.

Um comparsa de Jones, identificado como Douglas Costa da Penha, o “Dogão”, também foi capturado na operação.

Ainda de acordo com a Polícia, Jones estava foragido da Justiça há dois anos, quando escapou da Cadeia Pública de Acaraú. De volta às ruas, ele passou a montar uma noiva quadrilha ligada ao tráfico de drogas. Foi morar no bairro Buriti, na periferia daquela cidade, onde montou um verdadeiro um esconderijo com rotas de fugas e monitoramento através de câmeras.

Drogas e armas

Segundo ainda a Polícia, o traficante somente saía de casa com a proteção de “seguranças” e em carro blindado. Contudo, no momento da prisão, ele estava na companhia apenas de “Dogão”. Com eles, a Polícia encontrou várias armas de fogo, entre elas, uma submetralhadora de calibre 9 milímetros e uma escopeta (espingarda de calibre 12), munição e drogas. Entre os entorpecentes que eram vendidos pelo traficante havia “Skank”, uma espécie de maconha potencializada em laboratório e com efeito bem mais forte que a maconha comum.

A prisão do bandido e seu comparsa foi realizada numa operação que reuniu efetivos da Polícia Civil (Delegacia Regional de Acaraú), e da Polícia Militar, através do Batalhão Raio (BPRaio), além da Força Tática (FT) da 3ª Companhia do 11º BPM.

Irmãos

Em outra operação na mesma região, equipes da Delegacia de Polícia de Marco (a 212Km de Fortaleza) capturaram os irmãos Raimundo Nonato de Sousa Santos e Emanuel Carlito de Sousa Santos, acusados de envolvimento em vários crimes nas comunidades de Mocambo e Panacuí, em Marco. Com os acusados foi apreendido um revólver de calibre 38 e munição.

Os dois irmãos suspeitos de vários crimes naquela região do litoral foram encaminhados para a Delegacia Municipal de Polícia Civil de Jijoca de Jericoacoara, onde foram autuados em flagrante.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar