Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará em 2019

1.510 em 19/8/2019  

Justiça solta dois dos três "super-heróis" presos em operação da PM em favela da zona Leste

Super heróis

"Batman" e "Lanterna Verde" foram soltos pela Justiça. "Homem-Aranha" vai seguir para o presídio

A Justiça determinou, nesta quinta-feira (16), a soltura de dois dos três dos animadores de um “trenzinho da alegria” que haviam sido presos na última terça-feira (14), acusados de portar armas, drogas e até coletes da Polícia Militar. Os três rapazes encarnavam personagens de super-heróis para divertir a criança durante os passeios iniciados na Avenida Beira-Mar.

A decisão partiu da juíza de Direito e titular da 17ª Vara Criminal da Comarca de Fortaleza, Carla Susiany Alves de Moura. Por determinação da magistrada, foram soltos os irmãos Almino Silva de Sousa, que atuava como o “Batman”, e Almeida Balbino de Sousa, o “Laterna Verde”. Os dois haviam sido presos pela Polícia Militar na Favela das Placas, no bairro Vicente Pinzón (zona Leste da Capital), durante a operação policial de terça-feira.

O terceiro “super-herói” preso, porém, vai permanecer atrás das grades, pois a juíza considerou que Naílson de Souza Gomes, o “Homem-Aranha”, é integrante de uma facção criminosa e considerado como de alta periculosidade, sendo dono de uma ficha criminal extensa. Naílson deverá se transferido do 9º DP (Dunas) para o Sistema Penitenciário.

Assaltos

A prisão dos três “super-heróis” foi realizada por policiais do 22º BPM (Papicu) após o recebimento de denúncias dando conta de que o trio estaria praticando assaltos na região e usando drogas. Além disso, em poder deles a PM apreendeu um revólver de calibre 38, munições, drogas e coletes da PM com prazo de validade vencido.

O flagrante foi lavrado pela delegada Malake Waked Tanos, titular do 9º DP.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar