Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará 2018

2.779

Atualizado em 20/7/2018  

PM prende na Barra do Ceará bandido comparsa de 'Márcio do Gueto' e que comandou churrasco na favela

006

Um bandido acusado de, pelo menos, oito assassinatos na Zona Oeste de Fortaleza, foi preso neste fim de semana. José Flávio Rodrigues Pereira, o 'Gago da Barra' ou 'Gago do Gueto', foi capturado em mais uma operação realizada na Barra do Ceará por policiais da 3ª Companhia do 5ºPM (Cristo Redentor), sob o comando do major Océlio Alves. 'Gago' foi detido quando trafegava em uma motocicleta, em alta velocidade,  pelas ruas do Conjunto Jaciara. Segundo fontes da Polícia Militar, ao ser abordado na Rua Florêncio de Alencar, ele teria, ainda, desacatado os militares, tendo, nesta ocasião, recebido voz de prisão em flagrante. Foi levado para o plantão do 7ºP (Pirambu) e autuado pelos crimes de desacato à autoridade e direção perigosa.

Mas, o que chamou a atenção das autoridades, e deixa perplexa a sociedade, é o fato de um indivíduo considerado de altíssima periculosidade e com uma extensa ficha de crimes graves, permanecer em total liberdade em Fortaleza, com autorização da Justiça. Acusado de um 'rosário' de assassinatos, 'Gago da Barra' representa um autêntico exemplo da impunidade no Ceará. Tido como extremamente violento, ele teria executado pessoalmente várias pessoas na comunidade das Goiabeiras, na Barra do Ceará, a mando ou com a cumplicidade de outro traficante que é tido como o 'cabeça' de uma organização criminosa responsável pelo domínio do tráfico de drogas e de ordenar a execução sumária de seus oponentes. Trata-se de Márcio Gladson Dias da Silva, o 'Márcio do Gueto', atualmente na cadeia. 

Ainda no ano passado, 'Gago da Barra' foi solto pela Justiça e, para comemorar sua liberdade, comandou uma festa, regada a uísque, churrasco e muitos tiros para o alto, no Gueto da Barra do Ceará (uma favela que se formou no terreno de uma antiga fábrica de roupas, a Villejack, na esquina das avenidas Francisco Sá e Senador Robert Kennedy). A Polícia foi, então, chamada para acabar com a zorra e 'Gago' fugiu. Um de seus principais comparsas e de 'Márcio do Gueto', o bandido conhecido por 'Playboy', acabou preso com uma pistola e carregadores.

Depois de ganhar a liberdade, 'Gago' ainda protagonizou um tiroteio na Avenida Engenheiro Santana Júnior, quando retornava de uma audiência no Fórum Clóvis Beviláqua. Na troca de tiros com bandidos de outra facção, foi baleado, levado para um hospital e de lá resgatado pelos comparsas. Depois disso, foi visto diversas vezes na Barra do Ceará, inclusive circulando em motos e caminhonetes importadas. Até que neste sábado (14), esbarrou com uma equipe da PM no Conjunto Jaciara e acabou novamente preso. Resta saber agora, por quanto tempo permanecerá atrás das grades.

 

OUTRAS PRISÕES

Ainda neste fim de semana, a Polícia Militar prendeu outros dois homens apontados como envolvidos no tráfico de drogas e suspeitos de mortes na Barra do Ceará. A captura ocorreu na madrugada deste domingo, quando policiais da patrulha RP-5423, da Força Tática de Apoio (FTA), também da 3ªCia/5ºPM, abordaram uma mototáxi na Rua Adolfo Bezerra de Menezes, no bairro Álvaro Weyne. Os dois ocupantes do veículo tentaram fugir, porém, um deles acabou baleado na perna. Já detidos, foram identificados como Gutembergue de Lima Borges (que deu o nome  falso de Jardel Wilson de Lima Borges), 18 anos; e Eugênio Correia Lopes, também de 18 anos. Gutembergue é o baleado. Com a dupla, a PM apreendeu uma pistola, dois carregadores e 23 projéteis. Conforme a Polícia, ambos são oriundos do Gueto da Barra do Ceará e suspeitos de integrar a quadrilha de traficantes estabelecida naquela comunidade. Eugênio está preso no 7ºP e o comparsa foi levado para o Instituto Doutor José Frota (IJF), sendo encaminhado ao centro cirúrgico. As autoridades acreditam que a dupla tenha saído da Barra do Ceará, nesta madrugada, para cometer algum assassinato no Álvaro Weyne por ordem dos chefes do tráfico.