Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará 2018

3.668 em 25/9/2018  

Desembargador manda soltar escrivão da Polícia Civil acusado de ser membro de uma organização criminosa ligada ao PCC

Gaeco 2

A operação do MP ocorreu no ano passado e cumpriu vários mandados de prisão contra advogados, policiais militares, além de um escrivão e um delegado da Polícia Civil, acusados de formar uma orgaização criminosa

O Tribunal de Justiça do Estado do Ceará (TJCE) determinou, nesta quarta-feira (28), a soltura de um policial civil cearense que estava preso sob suspeita de integrar a facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC). Trata-se de um escrivão que havia sido preso preventivamente em uma operação realizada, no ano passado, pelo Ministério Público Estadual (MPE), através do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco). Na época, o MP informou ter desarticulado uma organização criminosa formada por policiais, advogados e um delegado, apontados como envolvidos em tráfico de drogas e assassinatos.

Polícia prende chefona do tráfico que comanda facção e ordenava mortes em dois bairros da Capital

Joyce traficante

Joyce comandava o tráfico no Pici e Planalto Pici, e ordenava mortes na área, segundo a PM

Uma mulher, apontada como líder de uma facção e suspeita de ter ordenado vários assassinatos na periferia de Fortaleza foi, finalmente, presa na noite desta terça-feira após uma caçada que se já se arrastava a meses. A prisão da chefona do tráfico de drogas em vários bairros da zona Oeste da Capital foi até comemorada pela Polícia.

PCC: Polícia paulista diz que foragido do Carandiru ordenou morte dos traficantes no Ceará

Fuminho

"Fuminho", que usa várias identidades falsas, foi o mandante da morte dos traficantes no CE

Gegê do Mangue 40 Paca Paca Cabelo Duro - Waguinho

"Gegê do Mangue" (morto no CE)    "Paca" (morto no CE)              "Cabelo Duro" (morto em SP)

Jussara 3

"Cabelo Duro" e Jussara convesam na portaria do hotel horas antes do bando matar  a dupla

A Polícia Civil de São Paulo informa já não ter dúvidas sobre quem ordenou a trama para a morte dos traficantes “Gegê do Mangue” e “Paca”, integrantes da facção PCC. Ambos foram assassinados no Ceará há duas semanas. Conforme as investigações das autoridades paulistas, um foragido do antigo presídio do Carandiru (já extinto) foi quem passou a ordem para a dupla execução.

Reportagem do "Fantástico" revela a trama do PCC para a morte de traficantes no Ceará

Paca 37

A quadrilha que participou ativamente da morte dos dois traficantes já foi toda identificada

Paca 33

"Paca", filmado no elevador do prédio de luxo onde morava, horas antes de ser assassinado

Paca 44

Bandidos envolvidos no crime tiveram prisão decretada. Um deles foi morto em São Paulo

Paca 45

O piloto da quadrilha, Felipe Morais, está foragido e sendo procurado pelo Deic

Uma fortuna avaliada em aproximadamente 12 milhões, distribuída em casas de luxo, carros importados, helicóptero e até talheres banhados em ouro, foi confiscada pela Justiça de São Paulo.  A dinheirama e os objetos e imóveis estavam em poder de dois criminosos no Ceará, os traficantes  Rogério Jeremias de Simone, o “Gegê do Mangue”; e Fabiano Alves de Souza, o “Paca”.  Os dois foram assassinados no mês passado em Aquiraz (Região Metropolitana de Fortaleza). Sete envolvidos na trama tiveram a prisão preventiva decretada. Um deles já está morto.

Polícia de São Paulo localiza helicóptero que levou bandidos do PCC para a morte no Ceará

Helicóptero do PCC 2

O helicóptero foi descoberto em uma mata nos arredores da cidade de Fernandópolis (SP)

Agentes do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), de São Paulo, localizaram, nesta quinta-feira (1º) o helicóptero que foi utilizado para transportar os “chefões” da facção criminosa PCC até Aquiraz, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), onde eles acabaram sendo mortos. O crime ocorreu no último dia 15 de fevereiro. O helicóptero pertence ao piloto Felipe Ramos Moraes, que teve prisão preventiva decretada e permanece foragido.

Polícia investiga suspeita de que incêndio pode ter sido causado por traficantes

Correios 1

O fogo destruiu os aparelhos  com capacidade de detectar drogas sintéticas nas encomendas

O incêndio que destruiu os galpões do Centro de Distribuição dos Correios em Fortaleza, na tarde da terça-feira de Carnaval (13), está ainda sob investigação da Polícia Civil e da Perícia Forense do Ceará (Pefoce), que já teriam descoberto indícios de um ato criminoso. A destruição de aparelhos de Raio X capazes de detectar a presença de drogas sintéticas em meios às encomendas seria um dos objetivos dos responsáveis pelo sinistro. Traficantes de drogas produzidas na Europa estariam interessados na destruição desses aparelhos.

PF prende cinco pessoas com drogas nas bagagens no Aeroporto Internacional Pinto Martins

PF 3

Com o auxílio de um aparelho de raio X, a PF conseguiu descobrir as drogas nas bagagens

PF 1

A maioria das drogas, como cocaína, é procedente de Rondônia, estado que escoa a droga para o CE

VEJA VÍDEO DE UMA DAS APREENSÕES:

Cinco pessoas foram presas e cerca de 25 quilos de drogas apreendidos em três operações realizadas por agentes da Polícia Federal, em Fortaleza, nos últimos quatro dias. As ações de combate ao crime organizado foram realizadas por equipes da PF baseadas no Aeroporto Internacional Pinto Martins, onde a vigilância é realizada 24 horas.

Piloto do helicóptero que levou chefões do PCC para a morte está escondido, com medo de ser também assassinado

Piloto PCC

O piloto confessou que foi contratado para levar os chefões do PCC do Ceará para São Paulo

Gegê do Mangue e Paca juntos 2

"Gegê do Mangue" e "Paca" foram atraídos para uma emboscada e acabaram mortos em Aquiraz

O piloto do helicóptero que transportou os “chefões” do PCC para o local onde eles foram mortos, na tarde do último dia 15, já foi identificado pela Polícia e teve prisão preventiva decretada no fim de semana. Felipe Morais já confirmou ter transportado os dois homens até Aquiraz, onde ambos foram mortos, a tiros, na Reserva indígena Lagoa Encantada. Temendo ser executado numa “queima de arquivo”, o piloto está escondido, mas promete se apresentar à Polícia nesta semana.

Facções criminosas transformaram o Ceará numa grande "lavanderia" para a contabilidade do narcotráfico

Alejandro Paca Paca  Gegê do Mangue 40

Alejandro Camacho, o "Júnior"    Fabiano Sousa, o "Paca"        Jeremias, o "Gegê do Mangue"

Vainer Pepê 2 Petrus 1 Boy 3

Vainer Magalhães, o "Pepê"         Petrus William Brandão           Claudiney  Sousa, o "Cláudio Boy"

Mergulhada numa crise sem precedentes, a Segurança Pública do Ceará apresenta agora desdobramentos que nem mesmo os especialistas no assunto previam: o estado se tornou uma espécie de “embaixada” do crime organizado no País, lugar onde aportam os chefões das facções que dominam o tráfico de drogas no País e fora dele, além do controle do Sistema Penitenciário. O Ceará se tornou um verdadeiro “paraíso” para os “cabeças” do tráfico gastar o dinheiro sujo de seus crimes. Aqui, o aparato policial e de Inteligência não os alcançam.

Chefão do PCC que fugiu do Ceará morou quatro anos em Fortaleza se passando por empresário de eventos

Boy 1 Boy 3

Momento da prisão em Guarulhos/SP                   No Ceará, "Cláudio Boy" usava nome falso

Com nome falso, um suposto bem-sucedido empresário do ramo de eventos, o narcotraficante e fugitivo da Justiça brasileira e internacional, Claudiney Rodrigues de Souza, o “Cláudio Boy”, mineiro, 36 anos, conseguiu durante quatro anos driblar a Polícia e os setores de Inteligência do Ceará. Era, na verdade, mais um dos chefões da facção criminosa paulista Primeiro Comando da Capital (PCC) que escolheram Fortaleza para gastar o dinheiro do comércio nacional e internacional de cocaína. Agora, surge como principal suspeito de ter assassinado outros dois líderes da mesma organização criminosa.

Polícia identifica helicóptero usado na morte dos líderes do PCC no Ceará

Helicóptero - PCC

A aeronave já teria feito voos no litoral cearense à serviço dos narcotraficantes assassinados

A Polícia cearense já tem informações sobre o helicóptero que teria sido utilizado pelos bandidos que mataram os dois líderes da facção PCC no Ceará na última quinta-feira (15), no Município de Aquiraz, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). A indicação é de que a aeronave seria de uso da própria facção e que pode não estar mais no Ceará.

Preso um dos envolvidos no fuzilamento do chefe da facção FDN no Ceará, na Praia do Futuro

Masapê

Petrus Freire foi morto por um grupo de nove bandidos. Um deles foi preso: Valdenilson Sousa

A Polícia Militar capturou, nesta segunda-feira (22), um dos suspeitos de envolvimento na morte do estudante de Direito e apontado como chefe de facção criminosa, Petrus William Brandão Freire, 29, que seria um dos líderes da quadrilha Família do Norte (FDN), em Fortaleza. Outros oito envolvidos na execução sumária de Petrus estão ainda sendo procurados.

PM ocupa o Barroso 2 e prende traficantes que teriam ordenado a expulsão de moradores

Barroso 100

Os três traficantes foram denunciados pela população e capturados por uma patrulha do BPRaio

Barroso 200

Armas de fogo e drogas foram apreendidos pela Polícia com os três traficantes

A Polícia Militar capturou nesta quinta-feira (4), três pessoas suspeitas de envolvimento com uma facção criminosa responsável por ordenar a expulsão de moradores do bairro Barroso Dois, na zona Sul da Capital.  As prisões aconteceram após a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) determinar que a área fosse ocupada pelas forças policiais. Na última quarta-feira (3), dezenas de famílias daquela comunidade foram ameaçadas e obrigadas a abandonar suas casas por ordem de bandidos da facção Guardiões do Estado (GDE).

Investigação do MPE descobre que delegado recebeu propina de quadrilha ligada ao PCC para beneficiar traficante

dinheiro

O dinheiro foi fruto de uma negociação do delegado com a facção criminosa, segundo o MPE

Vinte mil reais. Este foi o valor que um delegado da Polícia Civil do Ceará teria recebido  como propina de uma facção criminosa para alterar um auto de prisão em flagrante que ele mesmo havia lavrado contra um traficante de drogas durante um plantão na Delegacia Metropolitana de Caucaia (DMC). Nesta quinta-feira (14), o delegado foi preso durante a “Operação Saratoga”, juntamente com o escrivão. Outros policiais estão foragidos e novos pedidos de prisão estão sendo encaminhados à Justiça.

Delegada Socorro Portela vai comandar a Divisão de Combate ao Tráfico de Entorpecentes

Socorro Portela 1

Depois de comandar a DHPP, Socorro recebe novo desafio na carreira: o combate ao tráfico

A delegada Socorro Portela, ex-diretora da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), será nomeada, ainda hoje (6), a nova diretora da Divisão de Combate ao Tráfico de Drogas (DCTD), após o afastamento da então titular do órgão, Patrícia Bezerra.  Três delegados daquela unidade e mais 10 policiais, entre escrivães e inspetores, são agora investigados pela Polícia Federal (PF) e pelo Ministério Público Federal (MPF), suspeitos de crime de extorsão e outros  após a delação premiada de um traficante português.

Desembargadores e advogados acusados da venda de liminares tentarão anular provas da PF sobre o crime

PF no TJCE 1

Em busca de pistas do crime, a PF cumpriu mandados de busca e apreensão na sede do TJCE

Os três desembargadores do Ceará denunciados pelo Ministério Público Federal (MPF) por crime de corrupção, no escândalo da venda de liminares e habeas corpus em plantões do Tribunal de Justiça do estado, silenciam sobre a estratégia que adotarão em suas defesas no processo que já tramita no Superior Tribunal de Justiça (STJ), em Brasília.  Os advogados que representam os magistrados informam, somente, que cumprirão a formalidade processual.