Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará em 2019

1.489 em 16/8/2019  

Árvore centenária desaba no Centro de Fortaleza e por pouco não causa tragédia

Queda de árvore 10-3-2015 023

Duas equipes de resgate do Núcleo de Busca e Salvamento (NBS), do Corpo de Bombeiros  Militar, foram mobilizadas para remover a árvore. FOTOS: Fernando Ribeiro

Queda de árvore 10-3-2015 012

O trecho onde ocorreu o sinistro natural ficou completamente às escuras. Os bombeiros usaram os faróis das viaturas de resgate para iluminar o local

Queda de árvore 10-3-2015 008

Os bombeiros usaram motos-serras para cortar parte do tronco que interditou a avenida

“Foi pura sorte não ter morrido ninguém aqui”. A declaração é de um vigilante se referindo a um sinistro natural ocorrido no começo da noite desta terça-feira (10), em pleno Centro de Fortaleza. Uma árvore centenária, plantada no canteiro central da Avenida Duque de Caxias, no quarteirão entre as ruas 24 de Maio e General Sampaio, não suportou ao apodrecimento da raiz e do peso de sua copa devido às chuvas, e desabou. Era por volta de 19h30.

O oitizeiro caiu sobre a rede de fiação de telefonia, atingindo o pátio de um posto de combustíveis. Na hora do sinistro, dezenas de pessoas passavam pelo local. “Muita gente saiu correndo para todos os lados e os carros pararam, porque ela (a árvore) foi tombando bem devagar e muitos fios começaram a estalar e a sair faísca”, completou outro vigilante. A árvore pendeu sobre a calçada, deixando o trânsito de veículos interditado na pista sul, sentido Centro-Aldeota. A calçada também ficou intransitável. Logo, a iluminação pública também foi afetada e uma escuridão tomou de conta do trecho.

Também ficaram escuras as ruas próximas, como a General Sampaio, no trecho entre as ruas General Clarindo de Queiroz e Pedro I. Uma equipe de manutenção da Coelce compareceu ao local. Um dos técnicos informou que não havia fios energizados no chão, descartando a possibilidade de choques elétricos.

O trânsito ficou complicado e foi necessária a presença de duas equipes da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) para controlar, principalmente, o fluxo de ônibus que seguiam pela Rua General Sampaio em direção aos pontos de embarque de passageiros nas ruas, Pedro I, Pedro Pereira, 24 de Maio e Avenida Tristão Gonçalves.

Remoção

Duas equipes do Núcleo de Busca e Salvamento (NBS) do Corpo de Bombeiros Militar do Ceará (CBM), sob o comando do capitão BM Erle Rocha, foram mobilizadas pela Ciops (Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança) para fazer o corte e a remoção da árvore. “Mobilizamos duas equipes para tentar, o mais rápido possível, desobstruir a via, que é de grande fluxo”, informou o oficial ao blogdofernandoribeiro.com.br

Os bombeiros utilizaram duas motos-serras, além de outros instrumentos de resgate para retirar a árvore do meio da avenida. O oitizeiro media cerca de 15 metros de altura. Hoje, a Prefeitura Municipal de Fortaleza deverá fazer a limpeza no local.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar