Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará em 2019

315 em 19/2/2019  

Novo sistema de fluxo do transporte coletivo é implantado neste sábado na Bezerra de Menezes

câmera 19.4.2015 009

A presença de poucos passageiros neste sábado fez com que a implantação do novo sistema de transportes coletivos ocorresse de forma  tranquila FOTOS: Fernando Ribeiro

câmera 19.4.2015 018

A travessia dos pedestres, das estações em direção à calçada, ainda era confusa

câmera 19.4.2015 021

Muitos motoristas desobedeceram a sinalização e trafegavam pela faixas exclusivas dos ônibus

Quem passou hoje (18) pela Avenida Bezerra de Menezes testemunhou o primeiro dia de implantação do novo sistema de fluxo e paradas do transporte coletivo de Fortaleza. A obra, que durou mais de um ano e infernizou a vida de quem passa ali todos os dias, é considerada pela Prefeitura de Fortaleza como o início de uma nova sistemática de trânsito para o setor.

Com a implantação na manhã deste sábado, a Etufor (órgão publico que gerencia o transporte coletivo da Capital), aposta numa maior fluidez nas viagens feitas pelos ônibus que interligam as zonas oeste, leste e sul da Capital. Novas linhas foram criadas, outras extintas e algumas alteradas. As paradas de ônibus que historicamente, eram fixadas nas calçadas, agora passaram a funcionar no canteiro central da via.

Pequenas estações vão dar abrigo aos usuários dos coletivos. Elas estão distribuídas ao longo da avenida. As duas faixas de tráfego do lado esquerdo de cada uma das pistas ficarão agora de uso exclusivo dos ônibus para que eles possam entrar à esquerda na área de embarque e desembarque nas estações. As outras duas faixas do lado direito estão reservadas aos veículos em geral.

Neste primeiro dia de funcionamento do novo sistema, o blogdofernandoribeiro.com.br flagrou muitos carros utilizando as faixas destinadas exclusivamente aos ônibus, mesmo com a forte sinalização colocada na via. Também foi constatada o vai-e-vem de muitas pessoas pela ciclovia, já que o projeto não previu a implantação de passeio para que as pessoas se deslocassem pelo canteiro, somente pelas calçadas. Em algumas estações não foram, ainda, implantados os semáforos para a passagem dos pedestres da estação para o outro lado da avenida. Agentes do projeto “Trânsito Livre” ajudavam os pedestres na travessia.

Já nas estações, vários agentes da Etufor orientavam as pessoas sobre as paradas. Como a implantação aconteceu num sábado, com o fluxo menor que nos dias úteis, não foram verificados muitos transtornos. Resta saber como o sistema funcionará a partir de segunda-feira com o fluxo normal de veículos e pedestres.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar