Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará em 2019

724 em 20/4/2019  

Movimentos podem tornar a quinta-feira um dia de turbulência no Ceará. Contrução Civil e caminhoneiros iniciam paralisações

 

Iphone 23.4.2015 237

No Porto das Dunas, Aquiraz, operários da construção paralisaram as atividades agora há pouco

A quinta-feira (23) promete ser de turbulência em Fortaleza e nas estradas que cortam o Ceará. Pelo menos, duas categorias iniciaram nesta manhã uma série de paralisações em canteiros de obras e rodovias. Na Capital, são os trabalhadores da construção civil que, liderados pelo sindicato da categoria, já iniciaram as mobilizações. As paralisações começaram por obras no Município de Aquiraz, na Região Metropolitana.

A paralisação dos operários da construção civil está sendo observada pelos organismos da Segurança Pública, de vez que, normalmente, os movimentos da categoria acabam em depredações nos canteiros de obras.

Os operários prometem paralisações pontuais de até duas horas em cada local por onde haverá manifestações. Eles fazem uma série de reivindicações que não foram aceitas pelo Sindicato da Construção Civil (Sinduscon). Os sindicalistas já anunciaram o estado de greve.

Há duas semanas, eles se juntaram a outras categorias, como a de professores, e realizaram uma série de manifestações em Fortaleza, culminando numa caminhada pelas ruas da Aldeota, a partir da Praça Portugal, e que foi parar na porta do Palácio da Abolição.

Estradas

Já os caminhoneiros cearenses aderiram a um movimento nacional da categoria, que decidiu deflagrar nesta data uma paralisação geral em todo o País. Cerca de 35 mil caminhoneiros que atuam no Ceará prometem parar de rodar e podem bloquear diversos trechos das rodovias estaduais e federais. Segundo Diego Mendes, líder da categoria para o Norte e Nordeste, a greve é por tempo indeterminado.

A categoria decidiu iniciar o movimento pelo fato de o Governo Federal não aceitar implementar uma tabela básica para os preços de fretes.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar