Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro Mortes no Ceará 2017

4.060
Atualizado em 23/10/2017

PF prende em Fortaleza "clonadores" que agiam em agências da Caixa

Chupacabra2

A Polícia federal capturou em Fortaleza, no fim de semana, dois homens acusados de aplicar golpes contra correntistas e poupadores da Caixa Econômica Federal. São “cartãozeiros” que  colocavam gravadores nos caixas eletrônicos das agências e conseguiam copiar ou clonar os dados dos cartões dos clientes.

Os dois suspeitos não tiveram, ainda, seus nomes divulgados pela Polícia. No entanto, já se sabe que eles vinham agindo costumeiramente em, pelo menos, três agências da Caixa em bairros da zona Sul de Fortaleza.

Era nas agências da CEF de Parangaba, Montese e do Bom jardim que os clonadores agiam com mais freqüência. O conhecido instrumento de  clonagem dos cartões eram os “chupa cabra”, que, na verdade, são leitoras de cartões magnéticos alteradas para grava as trilhas magnéticas dos cartões.

Colocados no interior dos caixas eletrônicos, os “chupa cabra” gravam as trilhas todas as vezes que um cartão é ali colocado. Além disso, os golpistas instalam micro-câmeras para filmar o momento em quem o usuário digita sua senha. De posse da trilha do cartão e sua respectiva senha, os fraudadores invadem as contas das vítimas, fazendo saques, transferência e até obtém empréstimos.

Os dois acusados foram apanhados em flagrante delito e encaminhados à sede da PF, onde foram autuados por crimes como estelionato e  apetrechos para fraude bancária.

Atenção redobrada!

Nesta época do ano, com o aquecimento no comércio, por conta das vendas de Natal e de Ano-Novo, os golpistas passam a agir com maior intensidade nas agências bancárias. Por conta disso, as autoridades policiais chamam a atenção da população para redobrar o cuidado na hora de realizar operações financeiras nos caixas eletrônicos.  

Qualquer suspeita da presença de estranhos nas agências ou a constatação de algo anormal nos equipamentos devem ser, imediatamente, comunicados à gerência das agências ou a Polícia ser acionada através do telefone 190.

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar