Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Portuguese English French Italian Japanese Spanish

Jovem acaba preso ao tentar registrar um B.O. para fraudar o seguro DPVAT

Quinta feira 4.2.2016 034

O jovem (de costas) confessou na DADT que sua intenção era receber fraudulentamente o seguro

Um jovem de 22 anos de idade foi preso em flagrante, dentro de uma delegacia de Polícia Civil, em Fortaleza, quando tentava  obter um Boletim de Ocorrência (B.O.) para fraudar o seguro DPVAT, pago a vítimas ou familiares destas em casos de lesões ou mortes por acidentes automobilísticos.

O caso ocorreu na tarde de ontem, em plena Delegacia de Acidentes e Delitos de Trânsito (DADT), no Centro de Fortaleza. O jovem, identificado como Francisco Flávio Costa Sousa, 22, foi até aquela Especializada e no cartório tentou obter o B.O. informando que sofrera um acidente. Desconfiadas do relato do rapaz, as escrivãs comunicaram o fato ao titular da delegacia, César Wagner Maia Martins.

Quando passou a ser interrogado, Flávio acabou confessando que sua intenção era fraudar o seguro e receber o dinheiro de forma fraudulenta. Ele recebeu voz de prisão e foi imediatamente autuado em flagrante pelo crime de estelionato e falsa comunicação de crime.

O DPVAT é um seguro nacional pago a vítimas (ou familiares destas, em caso de óbito) de acidentes. De acordo com o grau da lesão decorrente do  sinistro o valor a ser pago varia.

Em todo o País, os golpes somam milhões de reais todos os anos. No Ceará, a situação não é diferente e levou a Assembleia Legislativa do Estado a instalar uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar a extensão dos golpes. 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar