Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará em 2019

516 em 25/3/2019  

Polícia Civil prende estelionatário que aplicava golpes em operadoras de celulares e TV a cabo

Golpista hoje 1

O estelionatário Jodenilson Bezerra Borges acabou preso em seu apartamento, no bairro Aracapé

Golpista hoje 2

Durante a operação, a Polícia apreendeu diversos receptores de sinal de TV a cabo e outros apetrechos dos crimes que o golpista praticava. A equipe do delegado Pimentel, de Itapipoca, com o apoio do 8º DP, prendeu o suspeito

Policiais da Delegacia Regional de Polícia Civil de Itapipoca (a 125Km de Fortaleza), em operação conjunta com o 8º DP (José Walter),no bairro do Aracapé, capturaram o estelionatário Jodenilson Bezerra Borges, que vinha aplicando golpes em operadoras de telefonia e de TV a cabo, através da utilização de dados pessoais de servidores públicos e empresários, pessoas com renda mensal considerável.

As investigações apontam que o golpista obtinha adquiria os dados pessoais das vítimas através de um site clandestino que cruza informações na rede e fornece vários perfis de pessoas idôneas e com boa aceitação de crédito. Dentre as informações estão: nome e filiação, CPF, profissão, renda bruta etc.

As investigações foram iniciadas quando o criminoso ousou em utilizar o nome e o CPF de um delegado da Polícia Civil para contratar um pacote ilimitado de TV a cabo, com vários pontos de acesso junto a empresa SKY e ainda vários planos pós-pago de telefonia móvel das operadoras Claro e Oi.

Buscas

A Polícia Cívil realizou uma busca no apartamento do estelionatário e encontrou vários receptores de TV a cabo, chips de celular, notebook e caderno de anotações com vários perfis de vítimas. No momento da prisão o estelionatário preparava uma vasta documentação para aplicar um golpe de R$109 mil de empréstimos em nome de uma empresária residente no Parque Manibura cujo nome a Polícia não revelou.

A Delegacia do 8º DP dará continuidade às investigações no intuito de analisar se houve a participação de um conhecido estelionatário de nome Marcelo que tem ligação com Josenilson e também da companheira deste, Samara, pois, além da constatação de vários perfis femininos entre a documentação apreendida, ela é ex-funcionária da operadora Oi o que poderia facilitar os golpes.

A Polícia Civil alerta para que os cidadãos de bem não alimente este tipo de golpe adquirindo dos estelionatários o conhecido "chip dos dois meses" e nem o "ponto adicional clandestino" de TV a cabo, pois poderá responder pelo crime de receptação.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar