Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Portuguese English French Italian Japanese Spanish

Cerco policial a assaltantes de bancos continua na mata em Missão Velha

Missão Velha sábado

Dinheiro e armas foram encontrados dentro de um carro abandonado pelos ladrões

Mais de 100 policiais militares, com o apoio de viaturas e um helicóptero, continuam em buscas na mata entre os Municípios de Missão Velha e Abaiara, no Sul do estado, na tentativa de capturar a quadrilha que atacou duas agências bancárias na primeira cidade na madrugada da última sexta-feira (3).  O cerco já dura mais de 24 horas.

Os bandidos estão encurralados numa extensa faixa de mata próxima ao Distrito de Jamacaru, na zona rural de Missão Velha, onde abandonaram parte de suas armas e do dinheiro roubado das agências do Banco do Brasil e do Bradesco. As duas agências seus caixas eletrônicos e cofres explodidos pela quadrilha por volta de 1h30 de ontem.

Apenas tempo

Dois fuzis, uma escopeta calibre 12, explosivos e parte do dinheiro roubado foram encontrados  dentro de um carro usado na fuga após os ataques simultâneos. No veículo também havia marcas de sangue, o que para a Polícia indica que um ou mais bandidos podem estar seriamente feridos. “É apenas uma questão de tempo encontrá-los”, disse um dos oficiais que participam da caçada.

Além de patrulhas do 2º BPM (Juazeiro do Norte), estão sendo empregados na operação de caça aos assaltantes, efetivos do Batalhão de Divisas e do Comando Tático Rural (Cotar). De Fortaleza, foram enviados reforços do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate), do batalhão de Polícia de Choque (BPChoque). 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar