Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Portuguese English French Italian Japanese Spanish

Quadrilha é caçada na divisa do Ceará com o Rio Grande do Norte após ataque a carro-forte em Aracati

Carro-forte 3

Carro-forte 1

Carro-forte 2

O blindado da Brinks foi interceptado e explodido na BR-304, no Município de Aracati (CE)

As polícias do Ceará e Rio Grande do Norte trabalham juntas numa operação na divisa dos dois estados com o objetivo de localizar e prender uma quadrilha responsável por ataques a bancos e carros-fortes. A mais recente ação do grupo aconteceu na noite desta segunda-feira (20) na BR-304, no Município de Aracati (a 149Km de Fortaleza).

A quadrilha, armada com fuzis e metralhadoras, atacou um carro-forte da empresa de segurança privada Brinks e explodiu o veículo após render os vigilantes e obrigá-lo a fugir do local desarmados.  O ataque interditou a rodovia federal que liga Aracati e Icapu´[i, no Ceará, à cidade de Mossoró (RN).

Conforme o relato da Polícia, os criminosos estavam armados com fuzis de calibres 7.62, 5.56, além de carabinas de calibre 12 e uma metralhadora antiaérea de calibre Ponto 50 (.50). Além disso, explosivos de alto poder de destruição foram utilizados para arrebentar o cofre do veículo onde estariam depositados malotes com o dinheiro. O carro-forte procedia de Mossoró com destino a Fortaleza.

Ataques

Este foi o primeiro ataque a carro-forte no Ceará neste ano. Contudo, 13 agências bancárias já foram assaltadas e a maioria sofreu explosões. O último assalto aconteceu contra a agência do Banco do Brasil da cidade de Saboeiro, na Região dos Inhamuns (a 456Km da Capital).

A Polícia suspeita de que o bando que interceptou o carro-forte nesta segunda-feira seja o mesmo que agiu de forma semelhante na semana passada em dois estado nordestinos. O primeiro, na rodovia que liga João Pessoa a Campina Grande, na Paraíba. O segundo, nas cercanias da cidade de Mossoró, no Rio Grande do Norte.

Policiais da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) de Fortaleza foram enviados a Aracati para dar início às investigações em torno do caso.  

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar