Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Portuguese English French Italian Japanese Spanish

CEARÁ PACÍFICO??? Mês de janeiro registrou 347 assassinatos, com 120 homicídios em Fortaleza

Conjunto CE 2

No Conjunto Ceará: vários homicídios em janeiro. Em um deles, o cadáver foi jogado no canal

O mês de janeiro de 2017 terminou com números trágicos para a Segurança Pública do Ceará. Em apenas 31 dias, nada menos, que 347 pessoas foram assassinadas em todo o estado, numa média de 11 homicídios por dia.  Somente em Fortaleza, foram registrados 120 casos de Crimes Violentos, Letais e Intencionais, que compreendem  homicídios, latrocínios (roubos seguidos de morte) e lesões corporais seguidas de morte.

Além dos 120 casos registrados na Capital, foram contabilizados mais 89 assassinatos nos  municípios que compõem a Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), 43 no Interior Norte e mais 95 no Interior Sul. Na RMF, o Município de Maracanaú foi o mais violento, com 23 casos de assassinatos, seguido de Caucaia com 19 e Aquiraz, com 10.  No somatório, a Grande Fortaleza (Capital mais RMF)  registrou 209 homicídios.

Números

Das 347 vítimas dos assassinatos, 337 eram do sexo masculino e outras 10 do sexo feminino. Também em janeiro, 32 adolescentes foram mortos no Ceará, numa média de um à cada dia.  Além disso, 19 pessoas foram mortas por intervenção policial, isto é, tombaram em troca de tiros com a Polícia.

Entre as vítimas, estão também 14 pessoas mortas em casos de latrocínios (roubos seguidos de morte), nos seguintes Municípios: Fortaleza (5 casos, nos bairros Centro, Mondubim, José Walter, São Gerardo e Henrique Jorge), Horizonte (2 casos), Caucaia, Maracanaú, Ocara, Potengi, Santana do Acaraú, Barreira e Icó.

Policiais mortos

Dois policiais foram mortos em janeiro no Ceará. No dia 13, o sargento reformado da PM, José Figueiredo Dantas, 60 anos, foi assassinado, a tiros, no Município de Milagres (a 494Km de Fortaleza), em meio a duplo homicídio que teve como segunda vítima o jovem Diego Augusto Dantas, sobrinho do militar.

Já no último dia 27, o cabo da Ativa da PM, Francisco Arlindo da Silva Vieira Filho foi morto numa tentativa de assalto no bairro Henrique Jorge, em Fortaleza.