Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará 2018

776

Atualizado em 19/2/2018  

Tentativa de assalto em Limoeiro do Norte deixa bandido morto e PM da Força Tática baleado

Limoeiro pizzaria 1 Limoeiro Pizzaria 3

Um dos bandidos morreu no ataque em Limoeiro. O outro fugiu. Trata-se de Alerrandro Chaves

Um bandido morreu e um policial militar ficou ferido durante uma tentativa de roubo na noite desta terça-feira (23) na cidade de Limoeiro do Norte, na Região do Vale do Jaguaribe (a 203Km de Fortaleza).  Na Capital, outro PM também foi baleado ao reagir a um assalto no bairro  Cidade dos Funcionários. Nesta segunda ocorrência, ninguém foi preso.

Era por volta de 20 horas, quando dois criminosos armados tentaram assaltar os clientes de uma pizzaria localizada no bairro Cidade Alta, na periferia de Limoeiro do Norte. No entanto, um policial identificado como sargento PM Viana, integrante da Força Tática (FT), estava de folga e à paisana passava pelo local. Ao perceber a ação dos criminosos ele resolveu intervir.

Um rápido tiroteio ocorreu no local. Um dos bandidos foi baleado e morreu no local. O outro conseguiu fugir, mas já está identificado e sendo procurado. Já o PM foi atingido com um tiro em uma das pernas e conseguiu se abrigar no local até a chegada de patrulhas da Polícia Militar ao local.

O bandido morto no confronto não foi ainda identificado. Já o comparsa que fugiu foi reconhecido como sendo Alerrandro Chaves Gomes, 19 anos. Ele já conta com uma extensa ficha criminal e é foragido da Justiça.

Outro ferido

Em Fortaleza, um PM foi baleado numa tentativa de assalto ocorrida na noite desta terça-feira no cruzamento da Rua Juiz de Fora com a Avenida Oliveira Paiva , na Cidade dos Funcionários. O soldado Ricardo, destacado no 8º BPM (Papicu), reagiu ao ser abordado por bandidos  que estava à bordo de um veículo Corsa branco. Acabou sendo atingido com um tiro no ombro e foi levado para o IJF-Centro, onde está em observação.

Em 2017, 24 PMs foram mortos no Ceará, a maioria ao reagir em tentativas de assalto na Capital e Região Metropolitana. Neste ano, um militar da Reserva Remunerada da PM  foi assassinado, a tiros, no último sábado (20) por um adolescente que teria praticado o crime para ser “batizado” e entrar para uma facção criminosa. O fato ocorreu no Conjunto Esperança. Dois dias depois do crime, o adolescente se apresentou à Polícia na companhia dos pais e confessou o crime.  O policial militar morto era o sargento Pertronílio Leonardo da Silva Neto, 63 anos.