Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará 2018

3.591 Em 20/9/2018  

Três bandidos da "Quadrilha dos Pipocas" são presos com fuzis e outro morre em confronto com o Cotar

Cotar 200

Os criminosos foram capturados em Quixadá quando se preparavam para atacar mais um carro-forte

Cotar fuzis

Três fuzis de calibre 5.56, munições e explosivos estavam em poder da quadrilha dos Pipocas

Cotar 201

"LOurão dos Pipocas" ou "Lourão da GDE", morreu numa troca de tiros com o Cotar em Banabuiú

Lourão

No Carnaval, o bandido chegou a fazer uma self próximo a PMs, mesmo sendo foragido da Justiça

Três bandidos foram presos e um morto durante duas operações de policiais militares do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque), nas últimas horas no interior do Ceará. Os quatro criminosos faziam parte da “Quadrilha dos Pipocas”, uma organização criminosa baseada em Quixadá e que tem ramificações na política local. O grupo estaria planejando atacar bancos e carros-fortes nas regiões do Sertão Central, Vale do Jaguaribe e Litoral Leste nos próximos dias.

As duas operações foram deflagradas por patrulhas do Comando Tático Rural. A primeira ocorreu no Município de Quixadá (a 154Km de Fortaleza), onde bandidos fortemente armados planejavam os ataques contra agências bancárias e blindados. Através de informações colhidas pela Inteligência do BPChoque, foram localizados na zona rural daquele Município os três criminosos.

Os três homens foram identificados como José Alberto da Silva Lima, o “Zé Roberto”; Francisco Willame Macário Ilário Júnior, o “Júnior da Deusa”; e Francisco Herbert Melo da Silva, o “Betim”, todos componetes da quadrilha chefiada pelos irmãos “Pipocas” de Quixadá.

Com os criminosos o Cotar encontrou três fuzis de calibre 5.556 (AR-15), 762 munições para as referidas armas, além de material explosivo, como emulsões explosivas e cordão detonante, material que os criminosos usam para destruir os carros-fortes e explodir cofres e caixas eletrônicos de agências bancárias no interior.

A Inteligência do BPChoque chegou aos bandidos durante investigações sobre o ataque a um carro-forte da empresa Brink’s ocorrido há duas semanas na BR-040, na zona rural de Aracati (a 150Km de Fortaleza).

Morto em confronto

Em outra operação, patrulhas do Cotar trocaram tiros, na tarde de ontem, com outro integrante da quadrilha. O fato ocorreu na localidade Barra do Sitiá, na zona rural do Município de Banabuiú, no Sertão Central. O bandido que enfrentou os policiais a tiros acabou sendo baleado e morreu quando era socorrido pelos PMs para o Hospital da cidade de Morada Nova.

Tratava-se de Francisco Alexandre Rabelo Barreto, 25 anos, conhecido como “Lourão da GDE”, ou “Lourão dos Pipocas”, criminoso de alta periculosidade.

“Lourão” tinha uma extensa ficha de crimes, inclusive vários homicídios e roubos. Ele foi cercado pelas equipes do Cotar com um carro clonado e trocou tiros com os PMs. Durante o Carnaval, o bandido foi se divertir na cidade de Aracati e ali teve a ousadia de fazer fotografias em seu celular próximo a PMs da Cavalaria, mesmo sendo um foragido da Justiça.