Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará em 2019

1.325 em 23/7/2019  

Aeroporto de Fortaleza está no centro de um escândalo como entreposto do tráfico de drogas para a Europa

Cocaína na bagagem

Apreensões recentes de cocaína em Portugal mostraram que a droga foi embarcada no Aeroporto Internacional Pinto Martins, em Fortaleza 

Em apenas uma semana, o Aeroporto Internacional Pinto Martins, em Fortaleza, virou destaque negativo na mídia brasileira e na Europa, com reportagens mostrando o embarque de drogas naquele terminal para países europeus. Uma jovem de 20 anos de idade e um idoso de 71 apareceram como “mulas” do narcotráfico.

O primeiro caso ocorreu na semana passada quando uma jovem de 20 anos, dada como “desaparecida” em Fortaleza, acabou sendo presa ao desembarcar no Aeroporto de Faro, na Região de Algarve, em Portugal. Além de documentos falsificados, Vitória Domingos de Souza levava em uma mala uma “encomenda” de dois quilos e meio de cocaína.

Ao desembarcar na Capital portuguesa, a cearense que havia embarcado em Fortaleza sem nada avisar aos pais e demais familiares, acabou sendo detida pela Polícia local e agora está em um presídio aguardando julgamento.

O outro caso

O segundo caso é ainda mais grave, pois aponta que um homem de 71 anos de idade teve suas malas supostamente violadas no setor de cargas do Aeroporto Internacional Pinto Martins e ao desembarcar também em Portugal foi detido em flagrante, pois em sua bagagem havia cerca de 11 quilos de pasta-base de cocaína.

Em matéria especial divulgada neste domingo (3), pelo programa “Fantástico”, da Rede Globo de Televisão, a família de José Pereira sustenta que ele não tem nenhuma participação no tráfico de drogas e que foi vítima de uma trama dentro do aeroporto de Fortaleza.

Funcionários da Fraport, operadora que administra o terminal de Fortaleza, agora são suspeitos de terem trocado as malas do idoso com o objetivo de fazer a droga chegar a Portugal. A reportagem da Globo revelou, ainda, que a administração do aeroporto se nega a fornecer imagens que possam esclarecer o caso.