Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará em 2019

1.681 em 13/9/2019  

Guarda Municipal reforça operações de combate à violência em vários bairros da Capital

Guardas madrugada

Madrugada de hoje: Guardas municipais ocupam o bairro Vila Velha no combate aos criminosos

Era por volta de 4 da manhã quando a Guarda Municipal de Fortaleza (GMF) encerrou mais uma operação de ocupação nas ruas, becos e vielas do bairro Vila Velha, na zona Oeste de Fortaleza, em continuidade ao trabalho ostensivo s preventivo à violência do Programa Municipal de Proteção Urbana (PMPU).   As operações em conjunto com a Polícia Militar estão surtindo um drástico resultado na queda de homicídios e roubos nas áreas onde estão instaladas as Células de Proteção Urbana, as Torres de Vigilância do PMPU.

Em virtude da presença de criminosos, a Guarda Municipal reforçou as operações no bairro Vila Velha, e, nas duas últimas semanas, as ações de combate ao crime estão sendo realizadas durante 24 horas. As blitz fixas e volantes, além das incursões da tropa a pé, têm trazido tranquilidade para os moradores do Vila Velha, mas se estendem também para outras comunidades como a Barra do Ceará, Caça e Pesca, Canindezinho e Jangurussu.

Diariamente, blitze estão sendo realizadas nas áreas de cobertura (perímetros) do PMPU na periferia da Capital e um dos focos das ações é a fiscalização de trânsito. Neste mês, mais de uma centena de motocicletas que trafegavam irregularmente foi apreendida durante as operações com barreiras em ruas e avenidas nas zonas Sul, Leste e Oeste da Capital.

De acordo com a Guarda Municipal, essas operações estão sendo realizadas obedecendo a um calendário de atividades de prevenção e combate à violência. O diretor-geral da GMF, inspetor Rômulo Reis, ressalta que o foco nas motocicletas tem o objetivo de reduzir homicídios e assaltos que, em sua maioria, são praticados com o uso deste tipo de veículo nas abordagens às vítimas e na fuga após o crime ser consumado.

Armas e foragidos

Neste mês de agosto, as operações da Guarda Municipal de Fortaleza ganharam reforço com a presença de agentes da Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis), resultando no fechamento de bares e estabelecimentos similares que funcionavam irregularmente e serviam de ponto de venda de drogas e prostituição, além da venda proibida de bebidas a menores.

Foragidos da Justiça foram presos durante as operações e encaminhados à Polícia Judiciária. Armas de fogo e drogas também foram apreendidas. Na noite desta quinta-feira (29), por exemplo, os guardas municipais em rondas no bairro Jangurussu apreenderam uma pistola de calibre Ponto 40 que havia sido roubada no estado do Piauí.

Para este fim de semana, novas ações da GMF estão programadas para diversas áreas da cidade. O trabalho tem a parceria da PM e Polícia Civil.