Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará em 2019

2.274 em 14/12/2019  

Identificada uma das duas garotas sequestradas, torturadas e mortas s tiros no José Walter

José Walter 3

Os corpos das garotas foram encontrados na manhã de domingo em um matagal na Avenida H

José Walter 2

A tatuagem no braço ajudou na identificação de uma das vítimas do duplo assassinato

A Polícia já identificou uma das jovens encontradas mortas neste fim de semana após elas terem sido seqüestradas, torturadas e assassinadas, a tiros, por integrantes de uma facção criminosa. Os corpos das duas garotas foram encontrados no começo da manhã do domingo (10), em um matagal. Estavam ao lado de um córrego na Avenida H do Conjunto José Walter, na zona Sul de Fortaleza, área dominada por facções.

Uma das vítimas foi identificada como sendo a jovem Kaiane Andrade Santana. A outra é conhecida por Brenda.A princípio, surgiu a informação de que as duas seriam moradoras do Conjunto Residencial Cidade Jardim 2. Kaiane, no entanto, era filha do presidente da Associação dos Jovens do Vicente Pinzón, bairro localizado na zona Leste de Fortaleza, bem distante do local do crime, e morava naquela comunidade.

De acordo com o primeiro levantamento feito pela equipe da Perícia Forense do Ceará (Pefoce) no local do crime, os corpos das duas garotas apresentavam sinais de espancamento, além de marcas de tiros na cabeça. Tiveram também os cabelos cortados. O conjunto de lesões comprova que as duas jovens sofreram torturas antes de serem executadas.

Investigar

Policiais do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) estiveram no local onde os corpos foram encontrados e iniciaram as investigações. À princípio, as vítimas não foram identificadas e os corpos deram entrada no necrotério da Coordenadoria de Medicina Legal (Comel) na condição de indigentes.

Nas redes sociais, familiares e amigos da jovem Kaiane lamentaram o crime e manifestaram o pesar. Uma nota de pesar foi publicada com o seguinte teor:

“LUTO - Nota de Pesar pelo assassinato da moradora do Serviluz, Kaiane Andrade Santana. A União dos Jovens do Vicente Pinzon (UJVP), se compadece na dor da família da jovem Kaiane Andrade Santana, vítima de assassinato na noite do último sábado, 9 de novembro, no bairro Prefeito José Walter. Prestamos solidariedade pela irreparável perda e condolências aos familiares e amigos. Kaiane era filha do presidente da UJVP, Antonio José Alves Santana, mas conhecido como "Toinho". Oramos para que Deus possa confortá-los nesse momento de grande dor, em que as palavras se apequenam e o espírito busca amparo na Fé.