Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará em 2019

708 em 18/4/2019  

PLANTÃO DE TIRADENTES: preso em Camocim segundo suspeito da chacina com 6 mortos em Sobral

intermitente-plantão

Chanina de Sobral - segundo presoCâmera 17.4.2015 080

Antônio Gomes, localizado e preso em Camocim     José Cleiton, capturado em Jericoacoara

Uma operação policial realizada entre a noite de sábado e a madrugada deste domingo (19) resultou na prisão do segundo suspeito de envolvimento na chacina que deixou seis pessoas mortas na Zona Norte do Ceará. O acusado foi cercado pela Polícia Civil na zona rural do Município de Camocim, no Litoral Oeste do Estado (373Km da Capital).

A prisão de Antônio Gomes de Sousa, conhecido por “Antônio Mourão”, foi realizada na localidade de Pesqueiro, na zona rural de Camocim. O delegado-regional de Polícia Civil daquele Município, Herbert Ponte, havia recebido informações de que um dos envolvidos na morte de seis pessoas no distrito de Aprazível, em Sobra, teria ido se esconder em Camocim.

Desde a última sexta-feira a Polícia fazia investigações sigilosas até que conseguiu descobrir a identidade do suspeito e o local onde ele poderia estar escondido. Era na casa de parentes, em Pesqueiro. Por volta de 23h30 do sábado, foi montado o cerco policial e “Antônio Mourão” acabou preso sem reagir. A Polícia não encontrou armas com ele. Além da equipe de Camocim, inspetores da vizinha cidade de Granja apoiaram no momento da operação.

Segundo o delegado, o homem já confessou sua participação na chacina, nas negou ter atirado nas vítimas. Nas próximas horas, ele deverá ser transferido para a cidade de Sobral.

“Antônio Mourão” é o segundo suspeito preso, pois na madrugada de quinta-feira última, outro homem foi capturado. Trata-se de José Cleiton Rodrigues Pereira, 30, que foi localizado pelas equipe de Inteligência do 3º BPM (Sobral), escondido em Jijoca de Jericoacoara. Conforme a Polícia, Cleiton é ex-presidiário e planejou a chacina quando ainda estava na cadeia.

O crime

A chacina ocorreu na noite de terça-feira última, por volta de 22 horas, quando um gripo armado invadiu uma residência na localidade Sítio Pau d’Arquinho, no distrito de Aprazível (a 28Km de Sobral) e matou as seguintes pessoas: Emily Farias da Silva, 15 anos; Aureliano Silva Ribeiro, Benedito Gomes da Silva e um homem identificado somente por Geovane. Em seguida, a quadrilha fugiu levando a dona de casa Maria de Jesus Farias e a filha desta, Patrícia Farias da Silva. No dia seguinte, os corpos de mãe e filha foram encontrados crivados de balas em um matagal às margens da estrada que liga os Municípios de Coreaú e Alcântaras.