Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará 2017

4.555

Atualizado em 21/11/2017  

Obras do Metrô Leste vão desapropriar imóveis no Centro, Aldeota, Papicu, Cocó, Edson Queiroz e Água Fria

Uma área que totaliza 51.884,26 metros quadrados de Fortaleza, que engloba terrenos e outros imóveis de bairros da zona nobre de Fortaleza, vai passar por processo de desapropriação. O motivo é a implantação do metrô leste da Capital. As desapropriações estão respaldadas legalmente com base na recente alteração do artigo primeiro do decreto estadual de número 30.847, de 8 de abril de 2011. São imóveis localizados no Centro, Aldeota, Papicu, Cocó, Edson Queiroz e Água Fria.

As demolições são necessárias para a construção de nove estações e cinco poços de ventilação do ramal leste do metrô, que terá como ponto de partida o Centro da cidade e chegará nas proximidades do Fórum Clóvis Beviláqua, na Água Fria, passando pelo Centro de Eventos. A linha também permitirá a integração, via Centro, com o ramal sul do metrô, que funciona ainda parcialmente ligando Fortaleza (Centro) à cidade de Pacatuba (Estação Vila das Flores), na Região Metropolitana.

Conforme a lei que vai permitir as desapropriações, os imóveis passam a ser considerados de "Utilidade Pública". O empreendimento está estabelecido em uma parceria firmada entre o Governo do Estado do Ceará, a União, a Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) e a Companhia Cearense de Transportes Metropolitanos (Metrô de Fortaleza). As demolições vao proporcionar a construção dos equipamentos de estrutura para a mobilidade coletiva em importantes vias de fluxo do trânsito da Capital cearense, como as avenidas Santos Dumont, Engenheiro Santana Júnior e Washington Soares.

Veja a seguir onde deverão ser construídos os equipamentos da Linha Leste do Metrô de Fortaleza:

 

ESTAÇÕES

 

01 - Estação da Sé (na quadra entre as ruas Conde D'Eu, Almir Pinto, Sobral e São José/Centro)

02 - Estação Colégio Militar (Av. Santos Dumont esquina com R. Dona Leopoldina/Centro)

03 - Estação Luíza Távora (Av. Santos Dumont entre as ruas Carlos Vasconcelos e Barão de Aracati/Aldeota)

04 - Estação Nunes Valente (Av. Santos Dumont entre as ruas Nunes Valente e Tibúrcio Cavalcante/Aldeota)

05 - Estação Leonardo Mota (Av. Santos Dumont, entre as ruas Leonardo Mota e Vicente Leite/Aldeota)

06 - Estação Papicu (na quadra entre a Avenida Engenheiro Santana Júnior e as ruas Júlio Azevêdo, Lauro Nogueira e Valdetário Mota/Papicu)

07 - Estação Bárbara de Alencar (Entre as avenidas Sebastião de Abreu e Washington Soares/Cocó)

08 - Estação Centro de Eventos (na quadra entre a Avenida Washington Soares e as ruas Romeu Aldiguery, Firmino Rocha Aguiar e Manoel Sales/Água Fria)

09 - Estação Edson Queiroz (Av. Washngton Soares entre as ruas Maximiliano da Fonseca e Desembargador Floriano Benevides, próximo ao Fórum Clóvis Beviláqua/Água Fria)

 

POÇOS DE VENTILAÇÃO

 

01 - Rua 25 de Março (entre Av. Santos Dumont e Rua Costa Barros/Centro)

02 - Rua João Cordeiro (entre Av. Santos Dumont e Rua Costa Barros/Centro)

03 - Rua José Lourenço (entre Av. Santos Dumont e Rua Costa Barros/Aldeota)

04 - Rua Visconde Mauá (entre Av. Santos Dumont e Rua Desembargador Leite Albuquerque/Aldeota)

05 - Rua Monsenhor Catão c/Rua Maria Tomásia/Aldeota