Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará em 2020

2.157 em 19/06/2020

Tragédia em família: homem mata esposa e as duas filhas a facadas e asfixiadas por gás de cozinha

Assassino de Messejana

Antônio Humberto, o assassino, está foragido. Na foto, com a filha mais nova (hoje, com 7 anos)

Assassino da Messejana 3

A filha mais velha, 11 anos, e a esposa foram mortas a golpes de faca e envenendas pelo gás

Mortes em Messejana - casa

Vizinhos chamaram a Polícia para entrar na casa onde família foi encontrada morta 

Uma tragédia familiar marcou o feriado de 1º de Maio em Fortaleza. Um homem assassinou a esposa e os dois filhos do casal. O triplo assassinato foi descoberto pelos vizinhos e pela Polícia no começo da noite desta sexta-feira no bairro Messejana, na zona Sul da Capital, mas pode ter ocorrido muitas horas antes. O suspeito está desaparecido.

De acordo com as primeiras informações colhidas pela Polícia no local do crime, na Avenida Frei Cirilo, os vizinhos e familiares da família ficaram intrigados com o seu desaparecimento súbito. Durante as últimas 48 horas, nem o marido e nem a mulher se comunicaram com os parentes e vizinhos, fato que gerou uma estranheza. Mas, no começo da noite de ontem, depois de baterem insistentemente na porta da residência e não serem atendidos, os vizinhos decidiram chamar a Polícia através do 190.

Quando a Polícia entrou na casa, se deparou com um forte cheiro de gás e encontrou os corpos da mulher e das duas filhas, uma de 11 anos e outra de 7. O marido e pai, identificado por Antônio Humberto, não foi encontrado e está sendo procurado.

Gás de cozinha

De acordo com os peritos, a mulher apresentava lesões na cabeça, provavelmente causadas por pauladas. A menina mais nova, de 7 anos, estava morta ao lado da mãe. A de 11 anos, foi encontrada no quarto.

Ainda dentro da casa a Polícia encontrou uma faca e uma chave de fenda ensanguentadas. O material foi recolhido pelos peritos criminais. O forte cheiro de gás butano revelou ainda que o homem cortou a mangueira do fogão, trancou portas e janelas da casa e fugiu, causando asfixia nas vítimas, além das lesões.

No local, surgiram boatos de que ele havia praticado o suicídio, mas o corpo não foi encontrado até o fim da noite de ontem.

A Polícia não divulgou os nomes das vítimas e os corpos foram recolhidos para a Coordenadoria de Medicina Legal (Comel), da Perícia Forense do Ceará (Pefoce). Policiais do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) iniciaram as investigações.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar